Grécia vence Rússia, vai às quartas de final e elimina rival da Euro

lucianoborborema

16 de junho de 2012 | 21h41

AP_Photo_Thanassis_Stavrakis_EDITADO.jpg
Seleção grega comemora ingresso para as quartas (Thanassis Stavrakis/AP)

Veja também:
Acompanhe tudo sobre a Eurocopa
Ouça os gols da Euro

por ESPN.com.br

O grupo A chegou à última rodada totalmente aberto. Tanto que no jogo disputado em Varsóvia neste sábado, a então lanterna Grécia fez 1 a 0 na favorita e líder Rússia para chegar aos quatro pontos, garantir a classificação às quartas de final no confronto direto com o rival e eliminar o adversário da Eurocopa 2012 – a República Tcheca também está classificada.

Além do favoritismo, a seleção de Arshavin e Dzagoev defendia um retrospecto recente diante dos gregos. Nas duas últimas Euros, os russos venceram a Grécia: 2 a 1 em 2004, quando os gregos foram campeões, e 1 a 0 em 2008, quando a Rússia foi até a semifinal.

Agora, os gregos enfrentam o primeiro colocado do grupo B na próxima sexta-feira, provavelmente a Alemanha, favorita para ficar com a primeira posição já que tem seis pontos e joga por um empate contra a Dinamarca.

Já a República Tcheca, que bateu a Polônia e venceu o grupo depois de começar a campanha com derrota de goleada para a Rússia, enfrentam o segundo colocado da chave que tem ainda Portugal, Dinamarca e Holanda.

EFE_ADEK_PIETRUSZKA_PARA_O_GOL_EDITADO.jpg
Karagounis dá o chute da vitória (Adek Pietruska/EFE)

O jogo
O primeiro tempo teve chances dos dois lados, mas os gregos chegaram com mais perigo. Logo aos cinco minutos de partida, Karagounis cobrou escanteio, Katsouranis desviou e Malafeev teve de fazer grande defesa. Pouco depois, Sifakis também trabalhou, parando boa jogada de Arshavin.

As principais chegadas dos russos, que entraram em campo como líderes da chave, eram em chutes de fora. E aos 47 minutos da primeira etapa, a Rússia vacilou numa cobrança de lateral, e Karagounis invadiu a área sozinho para bater cruzado, rasteiro, e fazer o único gol do jogo em Varsóvia.

AFP_PHOTO_ARIS_MESSINIS_EDITADO.jpg
Camisa 10 comemora o gol (Aris Messinis/AFP)

O gol no fim parece ter assustado a Rússia, que voltou mais ligada para a segunda etapa. Apesar disso, a Grécia foi quem assustou aos 13 minutos, quando Torissidis fez boa jogada pela direita e cruzou para Gekas, que acabou travado na hora de marcar.

Aos 15, o lance mais polêmico do jogo: Karagounis invadiu a área e caiu após ser tocado por Ignashevich. O grego pediu pênalti, mas o árbitro assinalou simulação e deu cartão amarelo para o capitão, que acabou substituído momentos depois e está fora das quartas de final. Aos 24, quase o segundo, mas a falta cobrada por Tzavellas bateu caprichosamente na trave.

A partir daí, a Rússia tentou ir para cima com tudo, já que a República Tcheca abriu o placar contra a Polônia no outro jogo do grupo. Na melhor chegada, o artilheiro Dzagoev desviou de cabeça o cruzamento de Arshavin e a bola passou raspando a trave grega. No fim, nem a goleada no número de finalizações (25 a 5) valeu para os russos, que não viveram uma noite de pontaria inspirada e acabaram derrotados e eliminados da Euro.

FICHA TÉCNICA

GRÉCIA 1 X 0 RÚSSIA

Local: Estádio Nacional de Varsóvia
Data: 16 de junho de 2012 (sábado)
Horário: 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Jonas Eriksson (SUE)
Assistentes: Stefan Wittberg e Mathias Klasenius (SUE)
Cartões Amarelos: GRE: Karagounis, Holebas; RUS: Anyukov, Zhirkov, Pogrebnyak e Dzagoev.
Gol: GRE: Karagounis (47 do primeiro tempo)

GRÉCIA: Michalis Sifakis; Giannis Mariatis, Giorgos Tzavellas, Kyriakos Papadopoulos, Vassilis Torossidis, Sokratis Papastathopoulos; Giorgios Karagounis (Makos), Kostas Katsouranis; Giorgos Samaras, Dimitris Salpingidis (Ninis); Fanis Gekas (Holebas). Técnico: Fernando Santos

RÚSSIA: Vyacheslav Malafeev; Aleksandr Anyukov (Izmailov), Sergei Ignashevich, Yuri Zhirkov, Aleksei Berezutski; Roman Shirokov, Igor Denisov, Alan Dzagoev, Denis Glushakov (Pogrebnyak); Andrey Arshavin, Aleksandr Kerzhakov (Pavlyuchenko). Técnico: Dick Advocaat

Tudo o que sabemos sobre:

grécia; rússia; euro

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: