Inglaterra vira com gol de letra, quebra tabu contra os rivais e elimina a Suécia

lucianoborborema

15 de junho de 2012 | 18h06

Inglaterra_Reuters_630_materia_1.jpg
Carroll comemora o gol. (Nigel Roddis/Reuters)

por ESPN.com.br

Num grande jogo disputado na Ucrânia, a Inglaterra saiu na frente, levou a virada da Suécia, mas teve forças para buscar a vitória com um gol de letra marcado por Welbeck e ganhar por 3 a 2. Além de dar bom passo para a classificação, o English Team ainda quebra um tabu contra o rival e elimina os suecos da Eurocopa 2012.

Com a vitória, a Inglaterra precisa de um empate contra a Ucrânia para avançar à segunda fase (se perder, precisa que a França caia por uma diferença maior e faça menos gols); já a Suécia, com nenhum ponto em dois jogos, está fora da competição e cumpre tabela contra os franceses.

O jogo representa ainda a primeira vitória inglesa no duelo em jogos por fases finais de competições: nas Copas do Mundo de 2006 e 2002, as seleções empataram; na Eurocopa-92, Suécia 2 a 1 de virada; e por quatro jogos válidos por eliminatórias de Copa ou Euro, três empates e uma vitória para a Suécia.

O jogo

O primeiro lance de perigo surgiu de um chute de longe. Parker soltou o pé e obrigou Isaksson a espalmar e fazer boa defesa. Mas a jogada característica da Inglaterra deu resultado aos 23 minutos: cruzamento perfeito do capitão Gerrard e belo cabeceio de Carroll, titular na vaga de Oxlade-Chamberlain, que precisou de um quarto de jogo para deixar o primeiro dele na Euro.

A Inglaterra seguia com as principais ações, mas aos 35 Young recebeu sozinho por trás da zaga e bateu para fora, perdendo grande chance. Pouco depois, Kallstrom arrancou pela esquerda e bateu forte, mas a bola passou perto do travessão defendido por Hart.

Logo na volta para o segundo tempo, a Suécia tratou de deixar tudo igual: Ibrahimovic cobrou falta, a bola explodiu na barreira, mas o próprio capitão chutou o rebote para a área. Na sobra, Mellberg bateu, Hart ainda pegou na bola, mas ela morreu no fundo da rede inglesa – a UEFA anotou o gol para Johnson, contra, já que o lateral tentou ainda salvar em cima da linha.

E a mesma bola aérea que colocou a Inglaterra na frente representou a virada para a Suécia. Larsson bateu falta, e o mesmo Mellberg subiu de cabeça para colocar os suecos na frente: 2 a 1 aos 13 do segundo tempo.

Inglaterra_Suecia_Reuters_630_materia_2.jpg
(Nigel Roddis/Reuters)

A alegria, porém, durou pouco. Aos 15, Hodgson tirou Milner e colocou Walcott, e o jogador do Arsenal empatou a partida aos 19 minutos, quando pegou sobra de fora de área e teve felicidade num forte chute que venceu o goleiro rival. Tudo igual na Ucrânia.

E a Inglaterra seguiu em cima, até que Walcott arrancou pela direita e cruzou para o jovem Welbeck marcar de letra, num leve toque que matou o goleiro Isaksson: 3 a 2 Inglaterra aos 32 minutos da etapa final.

FICHA TÉCNICA
SUÉCIA 2 X 3 INGLATERRA

Local: Estádio Olímpico de Kiev
Data: 15 de junho de 2012 (SEXTA-feira)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Damir Skomina (Eslovênia)
Assistentes: Primoz Arhar e Matej Zunic (Eslovênia)
Cartões Amarelos: ING: Milner; SUE: Svensson, Mellberg e J.Olsson
Gols: ING: Carroll (23 do primeiro), Walcott (19 do segundo) e Welbeck (33 do segundo tempo); SUE: Johnson contra (4 do segundo) e Mellberg (14 do segundo tempo).

SUÉCIA: Isaksson; Granqvist (Lustig), Mellberg, J. Olsson e M. Olsson; Larsson, Svensson, Kallstrom e Elm; Ibrahimovic e Elmander. Técnico: Erik Hamrén

INGLATERRA: Hart; Johson, Terry, Lescott e Cole; Milner, Gerrard, Parker (Walcott) e Young; Welbeck e Carroll. Técnico: Roy Hodgson

Tudo o que sabemos sobre:

eurocopaInglaterraSuecia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: