Itália corre para recuperar atletas visando semifinal da Eurocopa

emanuel

26 de junho de 2012 | 18h05

cesareprandelli_Tony_Gentile_630reuters.jpg
Técnico Cesare Prandelli comanda treino da ‘Azurra’ (Foto: Tony Gentile/Reuters)

Por ESPN.com.br com Agência Estado

O departamento médico da seleção italiana corre contra o tempo para permitir que todos os titulares fiquem à disposição do técnico Cesare Prandelli no jogo desta quinta-feira, diante da Alemanha, pelas semifinais da Eurocopa. O meia De Rossi e os defensores Chiellini e Abate estão com problemas físicos e podem ser vetados.

Ouça tudo sobre a Eurocopa

De Rossi foi titular contra a Inglaterra, mas precisou ser substituído no fim do segundo tempo por conta de um problema no nervo ciático da perna esquerda. Ele parece não ser problema para a decisão, uma vez que foi escalado para dar entrevista coletiva nesta quarta, véspera do jogo, o que costuma indicar que o jogador será titular.

O médico Enrico Castellacci alega que os três jogadores podem ter condições de entrar em campo em Varsóvia. “Todos eles estão melhorando e nós faremos tudo que for possível, até o último minuto, para que eles fiquem à disposição”, garantiu.

Abate, que não enfrentou a Inglaterra porque já estava com uma lesão na perna esquerda, está sem substituto, uma vez que Maggio que entrou no seu lugar nas quartas de final, recebeu o segundo cartão amarelo e está suspenso. Chiellini, por sua vez, reclama de dores musculares na coxa.

“Existe um sentimento geral de fadiga no time. Isso já era esperado após o stress e a emoção dos últimos jogos. Estamos fazendo o nosso máximo para recuperar a energia”, explicou o médico Castellacci, lembrando a classificação suada à fase final e os 120 minutos de jogo, mais pênaltis, para eliminar a Inglaterra.

Tudo o que sabemos sobre:

Eurocopa 2012Italia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: