Alguns não tiveram dia de descanso no Dacar
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Alguns não tiveram dia de descanso no Dacar

Jean Azevedo

10 de janeiro de 2015 | 21h48

O dia de descanso do Dacar é diferenciado no acampamento do rali. Várias ações de entretenimento para os participantes da competição e também para recepcionar os convidados vips dos patrocinadores são realizadas.
A lista de atividades é grande: apresentações culturais com roupas e músicas típicas do Chile, academia de ginástica, sessões de massagem e ioga, games de futebol e  de corridas de carro e moto, pebolim, tênis de mesa e até sinuca. E não poderia faltar a lojinha, com camisetas e bonés oficiais do Dacar.
Quem pode, relaxa no dia de descanso!

Quem pode, relaxa no dia de descanso!

Alguns aproveitam para dormir, descansar, arrumar a mala, lavar roupa ou simplesmente não fazer nada para recuperar as energias. Eu fiquei de boa, mas acompanhando atentamente a manutenção da minha moto Honda CRF 450 Rally. O Geraldo, meu mecânico, não parou um instante. O dia foi de descanso, mas não para ele…

Dakar2015-Bastidores-DiaDescanso-1001201500688
Dos cinco brasileiros no Dacar, o André Suguita e eu ficamos no acampamento em Iquique. Hoje foi feriado para as categorias motos e quadriciclos.

Mas os outros três brasileiros (o Guiga Spinelli e o navegador Youssef Haddad e o navegador Eduardo Sachs) partiram ainda de madrugada para a Bolívia. O dia foi complicado porque é etapa maratona, quando não se pode contar com a ajuda das equipes de apoio. Eles vão dormir em Uyuni, onde tem o famoso “deserto de sal”. Amanhã é nossa vez!

 

honda15dakarjean_honda_100115004

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.