Em alta, Schalke tenta garantir 1.º lugar do grupo contra o Benfica

Estadão

07 de dezembro de 2010 | 07h25

LISBOA – Embalado pela conquista antecipada da vaga nas oitavas de final da Liga dos Campeões e pela vitória por 2 a 0 sobre o Bayern de Munique, no último sábado, pelo Campeonato Alemão, o Schalke 04 irá Lisboa enfrentar o Benfica nesta terça-feira e quer confirmar a primeira colocação do Grupo B.

A equipe alemã tem atualmente dez pontos no topo tabela, um a mais que o Lyon, que também já tem presença garantida nas oitavas de final. Os portugueses têm apenas seis e precisam do triunfo para assegurar um lugar na Liga Europa.

“Não vamos para Portugal a passeio, queremos ganhar e terminar a primeira fase como líderes do grupo”, disse o goleiro e capitão do Schalke, Manuel Neuer.

O técnico Felix Magath terá à disposição seus principais nomes, entre eles o trio de ataque formado pelo brasileiro Edu, o holandês Klaas-Jan Huntelaar e o espanhol Raúl, que, apesar de ter sido substituído contra o Bayern por conta de um corte no rosto, está confirmado.

O único desfalque de Magath será o peruano Jefferson Farfán, que está suspenso.

Sem chances de alcançar as oitavas, o Benfica terá que partir para cima para se garantir na Liga Europa sem depender do resultado do jogo do Hapoel Tel-Aviv, lanterna do grupo com quatro pontos e que visitará o Lyon.

Depois da surpreendente derrota por 3 a 0 para os israelenses há duas semanas, o atual campeão português irá a campo com força máxima, incluindo a dupla de zaga brasileira, formada por Luisão e David Luiz, para tentar o “prêmio de consolação”.

No ataque, o paraguaio Óscar Cardozo voltará a jogar pela Liga dos Campeões após dois meses de ausência. O centroavante, que estava lesionado e vinha sendo substituído pelo brasileiro Alan Kardec, retornou aos gramados na última sexta-feira em grande estilo, com dois gols na vitória por 2 a 0 sobre o Olhanense. (Efe)

BENFICA – Roberto; Maxi Pereira, Luisão, David Luiz e Fábio Coentrão; Javi García, Carlos Martins, Gaitán e Pablo Aimar; Saviola e Cardozo. Técnico: Jorge Jesus.

SCHALKE 04 – Neuer; Uchida, Höwedes, Metzelder e Schmidt; Kluge, Rakitic e Jurado; Edu, Raúl e Huntelaar. Técnico: Felix Magath.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.