Escândalo de jogadores com prostituição infantil marca duelo entre Bayer e Lyon nesta quarta

Estadão

20 de abril de 2010 | 19h41

ribery480 ap Matthias Schrader 20042010

O duelo entre Bayern de Munique e Lyon nesta quarta-feira pela Liga dos Campeões será marcado por um escândalo fora dos gramados. O francês Franck Ribéry (foto), que atua no clube alemão, é investigado na França por um suposto envolvimento numa rede de prostituição infantil.

Ribery e outro jogador da seleção francesa, Sidney Govou (que atua no Lyon), tiveram de dar explicações à polícia. De acordo com a Federação Francesa de Futebol (FFF), eles já foram declarados inocentes.

O Bayern de Munique espera que o escândalo não prejudique o futebol de Ribery, que é um dos principais jogadores da equipe.

O clube alemão é o grande favorito para conquistar a vaga e chegar à final da Liga para enfrentar Barcelona ou Inter de Milão – os italianos venceram o primeiro duelo por 3 a 1.

Apesar de Govou atuar no Lyon, o clube francês pouco caso fez do escândalo, uma vez que o jogador não é tão importante quanto Ribery ao Bayern.

O grande problema enfrentado pelo Lyon foi mesmo a viagem de ônibus até a Alemanha, uma vez que os voos estavam suspensos por causa da nuvem de cinzas expelida por um vulcão na Islândia.

BAYERN DE MUNIQUE X LYON
BAYERN DE MUNIQUE –
Butt; Lahm (capitão), Van Buyten, Demichelis e Contento; Pranjic, Schweinsteiger, Robben e Ribéry; Müler e Olic. Técnico: Louis van Gaal (HOL)

LYON – Lloris; Réveillère, Cris (capitão), Toulalan e Cissokho; Pjanic, Gonalons (Makoun) e Kallstrom; Michael Bastos, Lisandro e Delgado. Técnico: Claude Puel (FRA)

ÁRBITRO – Roberto Rosetti (ITA)
ESTÁDIO – Allianz Arena, em Munique (ALE)
RÁDIO – ELDORADO/ESPN
TV – Band e ESPN
HORÁRIO – 15h45

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.