Gomes é expulso e Inter de Milão passa pelo Tottenham por 4 a 3 pela Liga dos Campeões

Estadão

20 de outubro de 2010 | 18h40

Um jogo fantástico. Com quatro brasileiros em campo, a Inter de Milão quase vacilou, mas passou pelo Tottenham por 4 a 3, pela terceira rodada do Grupo A da Liga dos Campeões. O camaronês Samuel Eto’o teve uma noite de destaque pelo time italiano ao assinalar dois gols. Bale marcou os três dos ingleses em Milão.

QUIZ DA LIGA – Faça o desafio
TABELA – Confira a classificação

O duelo na Itália tinha como ingrediente especial o encontro entre Julio Cesar e Gomes, companheiros de seleção brasileira na Copa do Mundo. Contudo, o goleiro do Tottenham ficou por apenas sete minutos em campo, numa atuação para esquecer. Logo no primeiro minuto, Gomes não conseguiu parar o chute cruzado de Zanetti, que abriu o marcador para a Inter.

Gomes, que pretendia trocar sua camisa com Julio Cesar ao final do duelo, cometeu pênalti aos 7 minutos do primeiro tempo ao derrubar Biabiany na área. O goleiro brasileiro recebeu o cartão vermelho. O técnico Harry Redknapp foi obrigado a colocar Cudicini no lugar do atacante Modric, o que desmontou o esquema. O pênalti foi convertido por Eto’o, aos 10 minutos.

O Tottenham sentiu a pressão e travou. Bem organizada pelo bom técnico Rafael Benítez, a Inter atuou como um verdadeiro rolo compressor. O terceiro gol chegou logo aos 13 minutos do primeiro tempo. Em jogada na entrada da área, Stankovic abriu espaço entre a marcação e bateu rasteiro, no canto direito de Cudicini.

Dos brasileiros em campo, Julio Cesar foi acionado poucas vezes, assim como Lúcio. Maicon apoiou o ataque algumas vezes. O destaque foi mesmo Phillippe Coutinho. O ex-jogador do Vasco foi um verdadeiro inferno na criação. Aos 34 minutos, ele enfiou bela bola para Eto’o. O camaronês, que vive ótima fase na Inter, bateu cruzado para marcar o quarto.

Bale desconta. Na etapa final, a Inter voltou mais relaxada. Stankovic saiu machucado logo no começo. O Tottenham aproveitou e diminuiu num contra-ataque, aos 6 minutos. Em jogada espetacular, Bale partiu com velocidade do meio-campo, passou por três marcadores, entrou na área e bateu cruzado, sem chances para Julio Cesar.

Rafa Benítez deu uma bronca no grupo após o vacilo, mas os jogadores voltaram a bobear no final. Bale realizou um grande segundo tempo e marcou mais duas vezes. Aos 44, ele repetiu a jogada do primeiro gol, passou por toda a defesa e bateu cruzado. Um minutos depois, Bale recebeu passe de Lennon e novamente estufou as redes. Sorte dá Inter que o árbitro não deu muitos minutos de acréscimo.

Siga o Twitter de André Rigue
Siga o Twitter de esportes do estadão.com.br

ING INTER DE MILÃO 4 x 3 TOTTENHAM
Inter de Milão –
Julio Cesar; Maicon, Lúcio, Samuel e Chivu  (Pandev); Stankovic (Santon), Zanetti, Phillippe Coutinho, Sneijder e Jonathan Biabiany (Córdoba); Samuel Eto’o. Técnico: Rafael Benítez

Tottenham – Gomes ; Hutton, Bassong, Gallas e Assou-Ekotto; Lennon, Huddlestone (Palacios), Jenas e Bale; Modric (Cudicini) e Peter Crouch (Keane). Técnico: Harry Redknapp

Gols – Zanetti, a 1, Eto’o, aos 10, Stankovic, aos 13, e Eto’o, aos 34 minuto do primeiro tempo; Bale, aos 6, aos 44, e aos 45 minutos do segundo tempo; Árbitro – Damir Skomina (ESV); Público e Renda – Não disponível; Estádio – Giuseppe Meazza, em Milão (ITA)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.