Já classificado e com Ronaldinho Gaúcho, Milan pega Ajax pela Liga

Estadão

08 de dezembro de 2010 | 07h03

MILÃO – O Milan enfrentará o Ajax nesta quarta-feira pelo Grupo G da Liga dos Campeões somente para cumprir tabela, pois já sabe que terminará a primeira fase no segundo lugar da chave, atrás do Real Madrid, sejam quais forem os resultados desta última rodada.

Com a classificação garantida às oitavas de final e sem chances de alcançar a liderança, o técnico Massimiliano Allegri provavelmente colocará um time misto em campo contra os holandeses, poupando os seus jogadores e evitando que alguns deles sejam suspensos por cartões. A grande novidade será a escalação de Ronaldinho Gaúcho entre os titulares.

“Estou bem, treinando normalmente e não jogo pela decisão tática do treinador, mas continuo trabalhando e tenho muita vontade de jogar os 90 minutos”, escreveu o meia em seu site.

A grande dúvida é quem jogará ao lado de Ronaldinho, já que Allegri não quer cortar Robinho nem Ibrahimovic.

O jogo desta quarta poderá ter mais um brasileiro em campo: o atacante Alexandre Pato já recuperado de uma lesão na coxa direita e tem chances de pelo menos sentar no banco de reservas.

Já o Ajax, que foi surpreendido pela saída do técnico Martin de Jol nesta segunda-feira e não tem mais chances de alcançar as oitavas da Liga dos Campeões, não vive boa fase. O substituto será o ex-zagueiro Frank de Boer, que tentará classificar a equipe para a Liga Europa.

Para isso, o time de Amsterdã que terminar a fase de grupos em terceiro lugar. Ou seja, se vencer o Milan nesta quarta, os holandeses se classificarão automaticamente para o segundo torneio mais importante do continente. Se perder, terá que “secar” o Auxerre e torcer para os franceses serem derrotados pelo Real Madrid. (Efe)

MILAN – Amelia; Bonera, Yepes, Thiago Silva e Jankulovski; Flamini, Pirlo, Ambrosini e Seedorf; Ronaldinho Gaúcho e Robinho ou Ibrahimovic. Técnico: Massimiliano Allegri.

AJAX – Stekelenburg; Van der Wiel, Alderweireld, Vertonghen e Emanuelson, Enoh e De Zeeuw ; Sulejmani e El Hamdaoui; Mido e Ozbiliz. Técnico: Frank De Boer.

Árbitro – Claus Bo Larsen (DIN); Início – 17h45 (de Brasília)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.