Mesmo desfalcado, Barcelona vence e elimina Rubin Kazan

Estadão

07 de dezembro de 2010 | 19h44


Messi e Victor Vazquez recebem o abraço do brasileiro Adriano ao comemorem gol do Barcelona

BARCELONA – O Barcelona poupou diversos titulares do confronto desta terça-feira diante do Rubin Kazan, pela última rodada do Grupo D da Liga dos Campeões, mas mesmo assim conseguiu se manter invicto ao vencer por 2 a 0, eliminando o adversário.

O Barça encerrou a primeira fase com 14 pontos, quatro a mais que o Copenhague, que derrotou o Panathinaikos e se garantiu na vice-liderança. O Rubin ficou com o terceiro lugar e, como prêmio de consolação, disputará a Liga Europa.

Sem Daniel Alves, Messi, Villa e vários outros, coube aos jovens Fontàs, aos cinco do segundo tempo, e Victor Vázquez, aos 38, a missão de fazer os gols do triunfo. Outro destaque do time do técnico Josep Guardiola foi o meia Thiago Alcântara, filho do ex-jogador brasileiro Mazinho, mas que defende as seleções de base da Espanha.

O time catalão e o Copenhague conhecerão seus adversários nas oitavas de final no próximo dia 17, em sorteio realizado pela Uefa. (Efe)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.