Começa a GP2, categoria que leva o campeão à F-1

liviooricchio

24 de abril de 2008 | 19h27

24/IV/08
Livio Oricchio, de Barcelona

Início

O estímulo é tentador: os três campeões da GP2 assinaram ótimos contratos com boas equipes da Fórmula 1. Pois é esse campeonato que começa hoje no Circuito da Catalunha, em Barcelona, com a realização de um treino livre e um classificatório para o grid. Os pilotos que representarão o Brasil na Fórmula 1 nas próximas temporadas estão na GP2: Bruno Senna, na equipe ISport, Alberto Valério, na Durango, e Diego Nunes, DPR.

Nico Rosberg foi o primeiro campeão da GP2, em 2005. No ano seguinte estreou na Williams. Na temporada seguinte foi a vez de Lewis Hamilton, piloto da McLaren em 2007. Ano passado o alemão Timo Glock conquistou o título e hoje é piloto da Toyota. “Esse é meu objetivo, vencer, mas se estiver entre os três melhores, diante da mudança dos carros, este ano, e as equipes começarem do zero, será um bom resultado”, avalia Bruno Senna, paulista de 24 anos.

“Eu mesmo irei me cobrar ainda mais”, diz. Acabou em oitavo ano passado, pela Arden, e ganhou exatamente a etapa de Barcelona. “Minha meta é, sim, a Fórmula 1 na próxima temporada”, diz o sobrinho de Ayrton Senna, que reconhece ser um ano decisivo para sua carreira. Junto do francês Romain Grosjean, da Art Grand Prix, são os mais cotados para lutar pelo titulo.

Alberto Valério disputou quatro anos a Fórmula 3 e estréia na série principal da GP2. Mineiro, 22 anos, fala de seu projeto: “Vim aprender, preciso desenvolver o carro com minha equipe, que ainda não está no nível das melhores.” Seu objetivo inicial é ocupar posições intermediárias no grid. “Se der top 10 será ótimo.”

Diego Nunes é egresso da Fórmula 3 também. Paulista, 21 anos. Como Bruno e Valério, disputou a série asiática da GP2 este ano para ganhar experiência. “Tudo é novo para mim, como corrida longa, pit stop”, diz. Mas já na etapa de Bahrein do campeonato asiático andou próximos dos primeiros colocados. “No último treino melhoramos bem o carro. Meus planos são disputar um bom campeonato para conseguir uma vaga numa equipe melhor ano que vem e em 2010 chegar à Fórmula 1.”

A primeira corrida da GP2 será amanhã, às 11 horas. Domingo, às 5h30, os pilotos disputam uma segunda prova, horários de Brasília. Ambas com transmissão ao vivo pelo SporTV.

FIM

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.