Estendido o prazo para inscrição dos comentários sobre os GPs do Japão e da China

liviooricchio

14 de outubro de 2007 | 10h47

Amigos:

Depois de uma longa viagem de volta desde Xangai, com direito a breve parada no continente que me fascina, a África, estou na ativa novamente. O fuso horário me fez acordar, hoje, pouco depois das 4 horas e agora, domingo bem cedo, encontro-me já na redação.

Solicitaram-me uma reportagem sobre os preparativos dos organizadores do GP do Brasil para a grande final entre Lewis Hamilton, Fernando Alonso e Kimi Raikkonen, domingo, o que faz todo sentido.

Li todos os comentários dos últimos dias e compreendi as dificuldades de alguns leitores inserirem seus comentários no nosso concurso. Pedi ao pessoal da área técnica uma solução.

A fim de não prejudicar os interessados em participar do concurso, estou estendendo o prazo final de inscrição para os comentários do GP do Japão e da China até amanhã, segunda-feira, dia 15 de outubro de 2007, às 18 horas. Terça-feira, de noite, anunciarei os três vencedores dos ingressos para assistir ao GP do Brasil e que quinta-feira, à tarde, irão percorrer comigo os boxes de Interlagos. Amanhã informo como farei a entrega dos ingressos, combinado?

O teor dos comentários dos últimos posts concentra-se, ainda, na polêmica entre Fernando Alonso e Lewis Hamilton. Li algums amigos postando que o Bild cravou que o Alonso assinou com a Renault por três anos.

Senhores: se vocês me perguntarem qual o destino do Alonso, diria que o caminho deve mesmo ser esse, a Renault, embora haja uma questão básica a ser respondida: quem paga a conta se os advogados do espanhol não conseguirem livrá-lo da multa rescisória, estimada em US$ 30 milhões?

Só para citar uma experiência vivida com um dos repórteres do Bild: numa rodinha, afirmou, com a maior seriedade, que escrevia o que bem entendesse porque seu jornal tinha tanto peso que, mesmo não procedente, as pessoas aceitariam como verdade.

Portanto, a origem da notícia é duvidosa e a lógica sugere que se de fato Alonso assinar com a Renault, como acho provável mas não líquido e certo, não seria antes da definição do título e as conversas com Ron Dennis, visando a eventual separação, se iniciarem.

Obrigado, amigos!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: