Gil retorna à ativa como piloto e dono de equipe

liviooricchio

29 de janeiro de 2008 | 19h50

29/I/08
Gil de Ferran, um dos maiores pilotos brasileiros, está de volta às pistas. E duplamente: como piloto e, agora, proprietário da de Ferran Motorsports, equipe que disputará, este ano, a temporada de 2008 da American Le Mans Series (AMLS).

Se como piloto Gil colecionou sucessos, a exemplo da vitória nas 500 Milhas de Indianápolis, em 2003, e o bicampeonato da Cart, 2000 e 2001, como dono de escuderia, aos 40 anos, começou com o pé direito também. A de Ferran Motorsport tem o apoio oficial da Acura Motorsport, a divisão de carros mais avançados da Honda.

O próprio Gil explica como será sua volta ao automobilismo: “Este ano disputaremos o AMLS com um Honda Acura, na categoria LMP2. Estou animadíssimo, treino fisicamente e trabalho na montagem da equipe, que deve estrear o mais breve possível”. O carro foi desenvolvido pela Honda Performance Development e é equipado com motor V-8 de 3,4 litros.

A experiência como diretor-esportivo da Honda na Fórmula 1, entre 2005 e 2007, despertou em Gil interesse por cargo diretivo ainda maior que o já existente quando pilotou para Roger Penske, com quem conquistou suas maiores vitórias. “Tenho saudade de levar um carro ao seu limite e o tempo vivido na Fórmula 1 aumentou minha vontade de gerenciar uma equipe. Agora farei os dois, é um desafio.”

A AMLS é uma novidade para ele por ser disputada com modelos de turismo e não monopostos, como sempre Gil pilotou. “Estou confiante de que serei competitivo. Nessa competição são necessários dois pilotos por carro. Vou escolher o melhor piloto possível para ser meu parceiro, a fim de ajudar a equipe e eu também verificar o quão rápido ainda estou.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.