Massa pode mesmo estar falando a verdade a respeito do potencial da BMW

liviooricchio

23 de fevereiro de 2007 | 18h45

A 9 equipes que estão no circuito de Sakhir – as exceções são Williams e Spyker – voltam à pista segunda-feira. A informação inicial era de que depois de três dias de testes não haveria atividade de pista amanhã e domingo. A Ferrari anunciou, contudo, que amanhã seus dois pilotos vão prosseguir com o ensaio.

Nesta sexta-feira o destaque no dia foi não só a bela marca de 1min30s469, de Nick Heidfeld, com a BMW F1.07, como o fato de o piloto alemão ter completado 103 voltas no traçado de 5.412 metros sem os problemas no sistema hidráulico e de transmissão verificados na maioria dos treinos da pré-temporada.

Robert Kubica, companheiro de Heidfeld, também simulou uma prova. Deu 100 voltas e, como o alemão, não parou por causa de panes. O polonês ficou com o 5º tempo, 1min32s220.

Mas quem impressionou mais, apesar de ter obtido apenas o 6º tempo do dia, foi Kimi Raikkonen, da Ferrari. O finlandês simulou uma corrida e, segundo o site da revista inglesa Autosport, os tempos registrados volta a volta impressionaram, por confirmarem a velocidade e consistência do modelo F2007 de todo o período de preparação.

Kimi fez 1min32s240 na melhor das 67 voltas. Um GP lá tem 57 voltas. Já Felipe Massa enfrentou alguns problemas no carro, naturais nessa fase, e não deu mais de 68 voltas, com 1min32s584, o 8º.

O bicampeão do mundo, Fernando Alonso, da McLaren, também como quase todos simulou uma corrida, com 64 voltas e 1min31s225, 2º. As equipes e os pilotos têm já uma boa noção da velocidade da versão de seus carros que irá iniciar o Mundial. O importante, agora, é checar a confiabilidade do conjunto, exatamente o que estão fazendo nos últimos testes.

O campeão do mundo não sairá dos resultados que estamos assistindo nesses treinos em Valência, Jerez de la Frontera, Barcelona e agora Sakhir, mas do potencial dos projetos dos monopostos e, principalmente, a capacidade e possibilidades financeiras de os times os desenvolverem.

O estreante Lewis Hamilton seguiu a mesma rotina de Heidfeld, Alonso e os demais, hoje, ao percorrer 87 vezes o circuito, com 1min31s934 na mais rápida, o 4º. Vamos ver como esse competente inglês de apenas 22 anos se sai no GP da Austrália. Uma coisa é simular uma etapa do campeonato como agora em Bahrein outra é administrar as enormes tensões do fim de semana de competição, com todos realizando a mesma coisa no mesmo instante. A preparação psicológica para um estreante é tão importante quanto a técnica, com o equipamento e a equipe.

A Honda, se não está tão veloz, ao menos apresenta certa resistência. Hoje Jenson Button completou 107 voltas, com 1min31s807 na melhor, o 3º, enquanto Rubens Barrichello, 63, com 1min32s614, o 9º. Ontem Rubinho deu 101 voltas e Button, 83.

Faz bem observar Nelsinho Piquet completar tantas voltas como ontem, 92, e hoje, 82, sempre com tempos compatíveis, senão melhores, que os pilotos titulares, Heikki Kovalainen e Giancarlo Fisichella. Ainda aqui em São Paulo, ano passado, durante os dias do GP do Brasil, Flavio Briatore me disse, textualmente, que pretende utilizar Nelsinho às sextas-feiras em alguns GPs.

Não é por outro motivo que a Renault o está escalando com regularidade para seus testes. Quinta-feira registrou 1min33s816, o 12º, diante de 1min33s139, o 11º, de Kovalainen, que até o fim do campeonato do ano passado já havia feito 25 mil quilômetros de testes, conforme ele mesmo me contou. Hoje Nelsinho foi ainda melhor, 1min32s539, o 7º, e o finlandês, 1min32s973, o 10º.

Os tempos desta sexta-feira:
1. Heidfeld BMW-Sauber 1:30.469 (103 voltas)
2. Alonso McLaren-Mercedes 1:31.225 (64)
3. Button Honda 1:31.807 (107)
4. Hamilton McLaren-Mercedes 1:31.934 (87)
5. Kubica BMW-Sauber 1:32.220 (100)
6. Raikkonen Ferrari 1:32.240 (67)
7. Piquet Renault 1:32.539 (82)
8. Massa Ferrari 1:32.584 (68)
9. Barrichello Honda 1:32.614 (63)
10. Kovalainen Renault 1:32.973 (67)
11. Webber Red Bull-Renault 1:33.139 (65)
12. Trulli Toyota 1:33.155 (90)
13. Davidson Super Aguri-Honda 1:33.248 (108)
14. Coulthard Red Bull-Renault 1:33.930 (42)
15. Liuzzi Toro Rosso-Ferrari 1:34.187 (24)
16. R.Schumacher Toyota 1:34.464 (50)

Até segunda-feira, amigos. Bom fim de semana!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.