Raikkonen e Massa, a dupla da Ferrari até o fim de 2010

liviooricchio

12 de setembro de 2008 | 09h26

12/IX/08

A Ferrari anunciou ainda há pouco ter estendido o contrato de Kimi Raikkonen até o fim de 2010. O compromisso terminaria junto com o campeonato da próxima temporada, em 2009, mas ganhou, agora, mais um ano.

Como Felipe Massa já tem contrato também para os Mundiais de 2009 e 2010, a Ferrari escreveu no seu comunicado: “Portanto, os pilotos oficiais da Scuderia Ferrari permanecerão os mesmos nas duas próximas temporadas”.

A notícia não surpreende. Era até esperada. Assim como a McLaren, o outro time que disputa com a organização italiana o título, este ano, não haverá mudanças na Ferrari.

Com certeza Fernando Alonso sabia da renovação de Raikkonen e que seu sonho que correr na Ferrari terá de aguardar, agora, até 2011, quando nem mesmo ele sabe se continuará na Fórmula 1. Nunca escondeu que não estenderá sua permanência por muito tempo.

Os caminhos para o espanhol, o piloto mais completo hoje em atividade, apesar da personalidade difícil, são ficar onde está, na Renault, ou aceitar as ofertas de BMW ou Honda.

Diante da mudança radical no regulamento técnico em 2009, e com ela a oportunidade de a Renault recuperar a competitividade perdida, o mais provável é que Alonso respeite o contrato com os franceses, ainda que a falta de eficiência da escuderia, este ano, lhe dê a liberdade de deixar a Renault.

Agora vou voltar a prestar atenção no treino. Faz um sol tímido, mas ao menos parou de chover, e a pista está quase seca. São 14h30 e resta uma hora ainda para o encerramento da sessão da tarde. Raikkonen tem o melhor tempo, 1min32s231, seguido pelo ótimo Vettel, 1min33s028, e Massa, 1min33s130.

Até mais tarde!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.