Raikkonen está na frente na disputa com Massa

liviooricchio

11 de fevereiro de 2008 | 16h52

11/II/08

Amigos, esse é o texto de minha coluna, hoje, no Jornal da Tarde.

Na pré-temporada do ano passado, Felipe Massa registrou quase sempre melhores marcas que seu parceiro na Ferrari, Kimi Raikkonen. A sua performance e da Ferrari o colocaram como candidato com maiores possibilidades de conquistar o título.

Este ano, até agora, o que temos assistido é exatamente o oposto. Raikkonen, que na segunda metade do Mundial recuperou-se de forma espetacular e acabou campeão, é quem dá as cartas.

Tanto nos ensaios de Valência e Jerez de la Frontera, Espanha, no mês passado, como no circuito de Sakhir, em Bahrein, Raikkonen foi quase sempre mais rápido, embora hoje, no último dia de testes na tórrida pista barenita, Massa tenha rompido a série de melhores tempos do companheiro ao ser o primeiro, 1min31s189 (91 voltas) e Raikkonen, 1min31s329 (85).

Esses testes não representam isoladamente o confronto direto entre um e outro piloto, mas ao longo de todo o período Raikkonen estabelecer com regularidade melhores marcas que Massa passa a ser representativo.

A primeira vez que os dois foram para a pista no mesmo instante com o modelo F2008 foi em Jerez de la Frontera, de 14 a 16 de janeiro. Ao fim de três dias, Raikkonen ficou com o segundo melhor tempo, 1min19s708, Massa, o terceiro, 1min19s772, ou seja, o brasileiro foi 64 milésimos mais lento. Fernando Alonso, com o Renault de 2007 obteve a melhor marca, mas, como disse, quase sem gasolina no carro.

Depois a Ferrari deslocou-se com as demais equipes para Valência, de 21 a 24 de janeiro. Heikki Kovalainen, com a nova McLaren, possivelmente mais leve também, foi o primeiro, 1min11s000. A seguir vieram Raikkonen, 1min11s189 e Massa, 1min11s662. A diferença entre os pilotos da Ferrari ficou em 473 milésimos, a favor do finlandês.

Segunda, terça e quarta-feira a Ferrari trabalhou na pista de Sakhir. Raikkonen estabeleceu o melhor tempo, 1min30s445, Massa, o segundo, 1min31s293, ou 848 milésimos pior. Sábado e domingo os dois de novo estiveram no mesmo circuito. Sábado, Raikkonen marcou 1min30s914 e Massa, 1min31s174. Raikkonen foi 260 milésimos mais rápido.

Ontem o finlandês obteve 1min30s015 e Massa, 1min30s190, ou 175 milésimos mais lento. Hoje vimos que Massa ficou na frente. No balanço dos três últimos dias, Raikkonen conseguiu 1min30s015 e Massa, 1min30s190, ou 175 milésimos mais lento.

Em 2007, Raikkonen começou pior e terminou melhor. Agora se espera o mesmo de Massa. Mais adaptado à equipe e aos pneus Bridgestone, além de motivado pelo título, Raikkonen será ainda mais difícil de ser superado este ano.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.