Vettel, um novo Schumacher?

liviooricchio

25 de agosto de 2006 | 13h13

Reportagem de F-1: Sebastian Vettel, estréia com melhor tempo
GP da Turquia
Livio Oricchio, de Istambul

Início
Muita gente na Fórmula 1 ficou impressionada, ontem, com o resultado do primeiro dia de treinos do GP da Turquia, em especial seu mentor, Michael Schumacher. O jovem alemão Sebastian Vettel, de apenas 19 anos, estreou na categoria como terceiro piloto da equipe BMW Sauber e, já na sua primeira experiência, registrou o melhor tempo do dia no circuito Istambul Park, 1min28s091. Felipe Massa, Ferrari, ficou em segundo, 1min28s164.
Descontente com seus pilotos, a BMW dispensou Jacques Villeneuve na última prova, na Hungria, e promoveu o talentoso Robert Kubica, de 21 anos. Agora, começa a colocar pressão no outro titular, Nick Heidfeld, com quem já viveu dias melhores também. ‘É fantástico dividir a pista com o meu grande ídolo, Michael Schumacher”, disse, ontem, Vettel. “Lembro-me bem quando ele deu a bandeirada para mim numa corrida de kart no seu kartódromo, em Kerpen, é uma grande emoção para mim estar com ele na Fórmula 1.” A cada três palavras Vettel cita Schumacher em duas.
O piloto da Ferrari não lhe economizou elogios: “Andei atrás dele algumas voltas para ver como pilota e depois conversarmos. Eu o conheço bem, de Kerpen. Pude comprovar tratar-se de um grande talento, realizou hoje um trabalho soberbo, espero que possa dar sequência a sua carreira na Fórmula 1.” Curiosamente, ontem foi 25 de agosto. Há exatos 15 anos, no dia 25 de agosto de 1991, Schumacher largou em seu primeiro GP, em Spa-Francorchamps, na Bélgica, pela Jordan.
Vettel procurou dominuir o impacto do resultado. “É sempre mais fácil para os terceiros pilotos, por completarem bem mais voltas e poderem dispor de pneus novos e menos gasolina.” Não deixa de ser bastante representativo, no entanto, o fato de ter dado 29 voltas, sem erros, e estabelecido um ótimo tempo. “Usei a sessão da manhã para conhecer a pista e à tarde pude exigir um pouco mais do carro”, explicou. “Minha experiência se limitava a 470 quilômetros em testes particulares.”
Atualmente o piloto alemão de Heppenheim, cidade próxima ao autódromo de Hockenheim, no sul da Alemanha, disputa o Campeonato Europeu de Fórmula 3, onde obteve três vitórias e está em segundo na classificação. Ano passado, venceu 18 das 20 provas que disputou na Fórmula BMW Alemã. Claro que Dietrich Mateschitz, proprietário da Red Bull, já o colocou também no seu grupo de pilotos patrocinados.
“Meu sonho? Conseguir uma vaga de piloto de testes em 2007 e, no ano seguinte, de titular na Fórmula 1.” Dia 3 de julho Vettel completou 19 anos. Treinar na sexta-feira não é disputar o GP. O mais jovem, ainda, a se apresentar para correr foi o neozelandês Mike Thackwell, que no GP do Canadá de 1980, com Tyrrell, tinha 19 anos, 5 meses e 29 dias.
FIM

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.