‘A gente está preparada. Já ganhamos e bem de Porto Rico’, diz Tainá Paixão
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘A gente está preparada. Já ganhamos e bem de Porto Rico’, diz Tainá Paixão

Titular da seleção brasileira feminina de basquete participou do Cesta no Estadão

Marcius Azevedo

12 de dezembro de 2019 | 21h16

A armadora Tainá Paixão se mostrou confiante para o pré-olímpico mundial que acontece em fevereiro de 2020, em Bourges, na França, na participação no Cesta no Estadão. A seleção brasileira feminina de basquete vai enfrentar Porto Rico, França e Austrália. O Brasil se garante nos Jogos de Tóquio se ficar pelo menos em terceiro.

A decisão da vaga será teoricamente na estreia, diante de Porto Rico. O Brasil enfrentou recentemente o adversário, com duas boas vitórias: 64 a 58 na campanha do ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima, em agosto, e 95 a 66 na Copa América, em setembro, na casa das porto-riquenhas, na disputa pelo bronze.

No programa, Tainá Paixão falou da recuperação da seleção sob o comando do técnico José Neto, da opção de ficar sem clube para se preparar fisicamente para defender o Brasil no pré-olímpico, entre outros assuntos.

Confira na íntegra o bate-papo:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.