A incrível aposentadoria de Lucas Bebê, aos 28 anos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A incrível aposentadoria de Lucas Bebê, aos 28 anos

O basquete deixou de ser uma felicidade e se tornou um problema. Fim de uma história

Marcius Azevedo

04 de fevereiro de 2021 | 16h50

Lucas Bebê se aposentou. A decisão seria natural na vida de qualquer atleta, mas gera estranheza pela idade do recém-aposentado. Aos 28 anos, o basquete deixou de ser uma felicidade e se tornou um problema para o agora ex-jogador. Fim de uma história.

O pivô viveu o auge da carreira ao entrar na NBA (no Toronto Raptors), antes jogou na Europa, defendeu o Brasil. Estava em sua primeira temporada no basquete brasileiro (saiu muito jovem do País), pelo Fortaleza Basquete Cearense, quando decidiu parar.


Lucas Bebê se aposentou do basquete aos 28 anos. Foto: Karim Georges/Fortaleza EC

Aliás, ele estava quase desistindo de jogar quando recebeu o convite de Alberto Bial. Voltou. Não conseguiu seguir. Até brigou com o treinador. O basquete não era mais motivo de alegria.

A despedida, em vídeo, foi publicada nas redes sociais. “O basquete foi, por muitos anos, o meu pilar de felicidade, minha válvula de escape. Porém, através das lesões e de algumas coisas injustas que aconteceram durante a minha carreira, que não vem ao caso falar, o basquete começou a se tornar um problema na minha vida e não mais uma alegria. (…) Agora eu vou me dedicar a outras coisas que me tragam felicidade. (…) A vida é muito mais do que jogar basquete”, afirmou.

Lucas Bebê admitiu ter tido problemas com bebida (exagerava nas noitadas) e sofreu de depressão. Este é o fim de uma carreira que poderia ter sido maior.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.