Adidas atrasa entrega e São Paulo começa NBB com uniforme genérico
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Adidas atrasa entrega e São Paulo começa NBB com uniforme genérico

Empresa alemã justifica ao clube que os calções foram extraviados e só devem chegar no final de outubro

Marcius Azevedo

03 de outubro de 2019 | 16h48

O São Paulo vai entrar em quadra para sua primeira partida na história do NBB, no dia 15 de outubro, no clássico com o Corinthians, sem o uniforme da Adidas, fornecedora do material esportivo do clube também no basquete.

A empresa alemã reportou ao São Paulo um problema de logística. Os calções se extraviaram no caminho para o Brasil. Apenas as camisas foram entregues. A promessa da Adidas, que se desculpou com o clube pelo ocorrido, é que o restante do uniforme chegará no final de outubro.


O São Paulo jogou o Paulista com o uniforme sem ser da Adidas. Foto: Newton Nogueira/Franca

Com urgência, o São Paulo fez um pedido para a Overtime, empresa que trabalha com outras equipes do NBB, como Franca e Bauru.

O uniforme genérico será utilizado contra o Corinthians e, muito provavelmente, em outros três jogos da competição: diante de São José (18/10), Mogi das Cruzes (22/10) e Flamengo (25/10). A estreia do uniforme da Adidas deve acontecer apenas no dia 2 de novembro, no ginásio do Morumbi.

Consultado pelo blog, o São Paulo confirmou a informação e ressaltou que está trabalhando em conjunto com a Adidas para resolver a questão o mais rapidamente possível. O clube ressalta que há uma ótima relação com a empresa.

Entre os jogadores, no entanto, o fato gerou reclamações. Nas redes sociais, os torcedores já estavam ansiosos para comprar o uniforme e agora terão de esperar bastante.

Nos bastidores, a Liga Nacional de Basquete também ficou um pouco insatisfeita com o São Paulo, já que todos os times precisam realizar o media day oficial e, por causa da ausência dos uniformes da Adidas, não há uma data para acontecer.

Tudo o que sabemos sobre:

NBBbasqueteSão Paulo Futebol Clube

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.