Ansioso para o reencontro de Kobe com Howard
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ansioso para o reencontro de Kobe com Howard

Marcius Azevedo

18 de julho de 2013 | 10h33

A tabela da temporada 2013-2014 não foi divulgada pela NBA, mas estou curioso para saber quando vai acontecer o primeiro jogo entre Los Angeles Lakers e Houston Rockets. O reencontro de Kobe Bryant com Dwight Howard promete ser explosivo.

A relação, que não era nada amigável quando os dois eram companheiros na Califórnia, degringolou depois que o pivô confirmou que iria assinar com o time texano, aproveitando o fato de ser agente livre.

Kobe atacou primeiro. Foi algo um pouco infantil, mas no mesmo dia em que Howard confirmou que iria para o Houston, o ala deixou de segui-lo no Facebook.

“Eu desejo o melhor para o D12 (apelido de Howard), honestamente. Eu só acho difícil continuar seguindo jogadores que querem chutar o traseiro do meu time”, escreveu o Black Mamba (apelido de Kobe) em sua conta.

O ala comentou novamente o assunto dias depois, em uma entrevista. “Você realmente acha que, depois de alguém decidir em que time quer jogar, eu vou perder tempo tentando entender o que realmente aconteceu? Já foi. Passou”, afirmou.

Até então em silêncio, Howard decidiu falar na quarta-feira. Não foi nada tão ofensivo, mas… “Foi muito difícil jogar com Kobe Bryant. Todo mundo sabe que Kobe gosta de pontuação e houve alguns momentos em que ele queria ter a bola sempre”, comentou.

A declaração comprova o que foi divulgado pela imprensa norte-americano. O pivô realmente queria o lugar de estrela da companhia em Los Angeles. Howard exigiu inclusive que Kobe foi dispensado para aceitar renovar com os Lakers.

Em Houston, com certeza, o pivô será o centro das atenções. O barbudo e excelente James Harden não vai reclamar, muito menos o armador Jeremy Lin.

Mas claro que Kobe também não foi o mocinho da história. Convocado para participar da reunião em que os Lakers apresentaram sua proposta ao pivô, o ala, que conquistou o título da NBA 5 vezes, afirmou que poderia ensinar o companheiro “a ser campeão”.

Por isso, o reencontro de Kobe com Howard promete ser uma atração na temporada regular. O Houston está aparentemente mais forte, mas nunca é possível subestimar um jogador como Kobe. O que vocês acham?

Kobe com Howard em Los Angeles e o pivô já com o uniforme do Houston (dir.)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: