Benite jogou final do Pan com hematoma impressionante
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Benite jogou final do Pan com hematoma impressionante

Armador revelou poucos dias da conquista da medalha de ouro que entrou em quadra no sacrifício na semifinal e final

Marcius Azevedo

29 de julho de 2015 | 11h40

Vitor Benite foi o destaque do Brasil na campanha que culminou com o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto. O armador do Flamengo terminou o torneio com impressionantes médias de 18,2 pontos, 5,2 rebotes e 2,8 assistências. A medalha será inesquecível. E não apenas pelos números imponentes.

O jogador provou que não há limites para alcançar os objetivos. Benite jogou semifinal e final com um hematoma impressionante na perna direita. A revelação foi feita pelo próprio atleta, nas redes sociais.

“Sem sacrifício não existe vitória!”, escreveu o armador, acompanhado da foto.

Benite publicou foto do hematoma nas redes sociais

Benite publicou foto do hematoma em rede social

A lesão ocorreu na última partida da fase de classificação do Pan, quando anotou 34 pontos na vitória sobre os Estados Unidos. O hematoma foi consequência de uma queda, quando bateu forte na quadra.

Preocupado em ficar fora da semifinal, Benite não comentou nada com o técnico Rubén Magnano, fez tratamento com o fisioterapeuta da seleção e ajudou no triunfo diante da República Dominicana, garantindo vaga na decisão.

O problema é que Benite deu azar, sofreu nova pancada no mesmo local e foi impossível esconder o problema do treinador. Apesar disso, o armador optou por jogar no sacrifico contra o Canadá.

Foi recompensado.

Com nove pontos e sete assistências, Benite ajudou o Brasil na vitória por 86 a 71 e recebeu sua merecida medalha de ouro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: