Brasileiro da CBB tem 11 equipes confirmadas e pode ter Pinheiros e Flamengo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Brasileiro da CBB tem 11 equipes confirmadas e pode ter Pinheiros e Flamengo

Equipes que disputam do NBB ainda vão decidir sobre jogar o torneio em 2020

Marcius Azevedo

07 de novembro de 2019 | 17h14

A segunda edição do Campeonato Brasileiro organizado pela Confederação Brasileira de Basketball ganhou forma nesta quinta-feira, na sede da entidade no Riocentro. Ao todo 15 equipes participaram da reunião e 11 já confirmaram presença na competição que vai substituir a Liga Ouro, torneio de acesso ao NBB, no próximo ano.

A competição tem início previsto para fevereiro, na primeira quinzena do mês. A fórmula de disputa e o regulamento serão divulgados assim que o número final de equipes seja fechado.


Reunião aconteceu nesta quinta-feira, na sede da CBB. Foto: Divulgação/CBB

Pinheiros e Flamengo, que estão no NBB, participaram do encontro e querem colocar garotos até 22 anos para atuar na competição. As duas equipes, além de Osasco, Liga Nordeste-BA e Tatuí, que não esteve presente mas manifestou o desejo de disputar o Brasileiro, devem confirmar em até 10 dias se vão jogar o torneio em 2020.

Mesmo sem estas equipes, o campeonato já terá mais participantes do que na primeira edição, quando oito equipes brigam pelo título. Estão confirmados Maringá-PR, Ponta Grossa-PR (atual campeão), São José dos Pinhais-PR, Campo Mourão-PR, Blackstar-SC, Joinville-SC, Brusque-SC, Blumenau-SC, Praia Clube-MG, Anápolis-GO e Cerrado-DF.

“O Campeonato Brasileiro coloca mais clubes para jogar em todo o país, chega para agregar e para dar oportunidade e emprego para mais atletas no Brasil. Quanto mais basquete tivermos, melhor. Teremos mais oportunidades para revelar jogadores para nossas seleções e de popularizar o esporte. Ampliar o número de equipes jogando no adulto era uma promessa de campanha e estamos cumprindo”, afirmou o presidente da CBB, Guy Peixoto, em entrevista ao site da entidade.

O campeão do Brasileiro terá a possibilidade de pleitear um posto no NBB na temporada 2020-2021, competição chancelada pela CBB.

Tudo o que sabemos sobre:

CBBNBBbasquete

Tendências: