As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Desta vez, Jordan não sorriu por último

Ex-jogador estava na torcida por North Carolina na derrota para Villanova na final da NCAA

Marcius Azevedo

05 de abril de 2016 | 17h48

Michael Jordan decidiu incontáveis jogos naquela última bola ao longo da carreira. Desta vez, porém, o maior de todos os tempos provou o sabor amargo de uma derrota nesta circunstância.

O ex-jogador marcou presença na final do Torneio da NCAA, disputada entre North Carolina, onde estudou, e Villanova, no NRG Stadium, em Houston, na segunda-feira e saiu frustrado do ginásio.

Quando faltavam 4s para o fim do jogo, Marcus Paige, de North Carolina, igualou o jogo em 74 pontos ao converter uma bola de três que parecia impossível, totalmente desequilibrado. Não por acaso, Jordan foi imediatamente focalizado e sorriu com o cenário de uma prorrogação se desenhando.

O astro só não contava com uma resposta à altura de Villanova. No estouro do cronômetro, em uma bela jogada de reposição de bola, Kris Jenkins acertou um arremesso certeiro de três pontos, definido o título, com uma vitória por 77 a 74.

Em meio à loucura da festa da torcida de Villanova, Jordan, mais uma vez, foi focalizado pelas câmeras da tevê. Desta vez, o maior do mundo ficou com um sorriso amarelo, ainda sem acreditar na bola que Jenkins converteu.

Veja a reação de Michael Jordan…

…e a bola que causou tal reação:

Tudo o que sabemos sobre:

basqueteMichael JordanNCAA

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.