Didi Louzada é suspenso por 25 jogos por violar política antidrogas da NBA
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Didi Louzada é suspenso por 25 jogos por violar política antidrogas da NBA

Brasileiro do New Orleans Pelicans testou positivo para substância chamada drostanolona

Marcius Azevedo

19 de novembro de 2021 | 16h30

O brasileiro Didi Louzada, do New Orleans Pelicans, foi suspenso pela NBA nesta sexta-feira por 25 jogos. Segundo informado pela liga americana, o motivo é uma violação da política antidrogas. O armador testou positivo para drostanolona, um anabolizante. Trata-se de uma substância androgênica, que aumenta os níveis de testosterona sem elevar o estrogênio.

Em comunicado, Didi se explicou. “Quando eu estava no Brasil, durante as férias, consultei uma nutricionista que me recomendou algumas vitaminas e suplementos. Por ela ter um histórico de trabalho com atletas profissionais, nunca imaginaria que pudesse haver alguma substância proibida ou qualquer tipo de contaminação”, afirmou o jogador, que assumiu o erro e se desculpou.


Didi Louzada em ação pelo New Orleans Pelicans. Foto: NBAE

“Assim que soube do resultado do teste, colaborei com a liga e o sindicato para entendermos exatamente o que aconteceu. Nunca faria uso intencionalmente de qualquer coisa que viole as regras da NBA. Assumo minha responsabilidade nesta situação, lamento profundamente que isso tenha acontecido e peço desculpas ao meu time, meus companheiros e aos fãs do Pelicans por esse erro”, acrescentou.

Nesta temporada, Didi quase não jogou. São apenas duas partidas, em um total de sete minutos, sem anotar nenhum ponto.

Tudo o que sabemos sobre:

NBADidi Louzadabasquete

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.