Dominante, LeBron James prova que nada está perdido
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dominante, LeBron James prova que nada está perdido

Astro do Cleveland registra triplo-duplo no segundo jogo contra o Golden State Warriors e empata série final da NBA

Marcius Azevedo

08 de junho de 2015 | 07h00

LeBron James é arrogante em muitas situações. Mas, algumas vezes, nada mais é do que confiança. O astro do Cleveland Cavaliers confia no próprio taco. Quando tudo parecia perdido na série melhor de sete na final na NBA depois da perda de Kyrie Irving por lesão, King James foi ainda mais fanático do que no primeiro jogo e empatou o confronto contra o Golden State Warriors.

O ala ficou em quadra exatos 50 minutos e 20 segundos dos 53, incluindo o período extra, do segundo jogo das finais. LeBron registrou um triplo-duplo, com 39 pontos, 16 rebotes e 11 assistências. A média de pontos do astro é de 41,5, já que na primeira partida, na quinta-feira, apesar da derrota, foram 44 pontos.

Sem Kyrie Irving, LeBron fez o papel de armador em muitos momentos da partida, repetindo algo que já havia realizado ao longo da carreira. O astro, por diversas vezes, saiu do garrafão de defesa até o de ataque para finalizar sem que qualquer companheiro participasse da ofensiva.

LeBron James vibra depois da vitória no jogo 2 das finais (AFP)

LeBron James vibra depois da vitória no jogo 2 das finais (AFP)

Além da presença dominante de LeBron, o Cleveland ganhou o jogo ao apresentar uma defesa agressiva, que dificultou o trabalho do ataque do Golden State, principalmente do MVP Stephen Curry. O armador anotou 19 pontos, mas o aproveitamento foi ruim, com apenas cinco acertos em 23 arremessos de quadra, sendo 2 de 15 nas bolas de três pontos. Mérito de Matthew Dellavedova, o substituto de Irving.

Agora o Cleveland volta para Ohio para dois jogos em seus domínios (terça e quinta-feira) e com chance de abrir 3 a 1 na série. Se depender de LeBron, o resultado obtido fora de casa não vai diminuir o ímpeto da equipe.

“Esse é um grupo de caras que amam jogar juntos aconteça o que acontecer. Quando nós defendendo da forma com a qual fizemos esta noite, nós temos uma boa chance de vencer qualquer time do mundo. Nós não podemos relaxar agora. Vamos para casa e vamos lutar para vencer os próximos jogos”, avisou LeBron.

Confira o desempenho de LeBron segundo jogo da final:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.