Dr. J não coloca Michael Jordan no Top 5 da história da NBA e ‘pune’ LeBron
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dr. J não coloca Michael Jordan no Top 5 da história da NBA e ‘pune’ LeBron

Astro do Chicago Bulls fica fora do quinteto ideal de Julius Erving, que não coloca o astro dos Lakers por causa das panelinhas

Marcius Azevedo

28 de abril de 2021 | 21h16

Elaborar uma lista com os melhores não é uma tarefa fácil. Conquistar 100% de aprovação é quase impossível. Por isso, Julius Erving, o Dr. J, não se preocupou em colocar Michael Jordan no quinteto titular e, muito menos, citar LeBron James.

A lenda da NBA, campeão em 1983 pelo Philadelphia, escolheu jogadores que atuaram na liga nos anos 1960 e 1970 para definir sua equipe ideal: Elgin Baylor, Wilt Chamberlain, Oscar Robertson, Bill Russell e Jerry West.


Julius Erving, o Dr. J, com Michael Jordan em 2003. Foto: Gary Hershorn/Reuters

Apontado como o melhor jogador de todos os tempos, Michael Jordan ficou no time reserva. Além do astro do Chicago Bulls, seis vezes campeão da NBA, Erving escalou Magic Johnson, Larry Bird, Karl Malone e Kareem Abdul-Jabba para fechar o top 10.

Kobe Bryant também não foi lembrado por Dr. J.

Em relação ao atual astro do Los Angeles Lakers, Erving justificou sua ausência não pelo desempenho em quadra, mas por sido responsável, segundo ele, pelo início das panelinhas na NBA.

Dr. J cita o Miami Heat, quando LeBron jogou ao lado de Dwyane Wade e Chris Bosh, o Cleveland Cavaliers, com Kyrie Irving e Kevin Love, e por fim, os Lakers, com Anthony Davis. “Ele é o jogador que liderou essa tendência”, afirmou entrevista publicada pelo jornal Marca, da Espanha.

Tudo o que sabemos sobre:

Julius ErvingMichael JordanNBALebron James

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.