Em negociação, Kobe vai perder início da temporada
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em negociação, Kobe vai perder início da temporada

Marcius Azevedo

26 de outubro de 2013 | 15h12

Duas informações sobre Kobe Bryant.

A primeira é que o astro do Los Angeles Lakers não estará presente no jogo de abertura da temporada 2013-2014, terça-feira, no clássico local contra os Clippers. O técnico Mike D’Antoni confirmou após o jogo contra o Utah Jazz, na sexta, o último da pré-temporada, que Kobe, por enquanto, não está pronto para voltar ao basquete.

A segunda está relacionada ao futuro do jogador de 35 anos e também foi divulgada na noite de sexta. O vice-presidente de operações, Jim Buss, afirmou que já negocia com Kobe para acertar uma renovação de contrato, evitando que o ala vire um agente livre na temporada 2014-2015.

Não há muita novidade nas duas informações. São confirmações.

É verdade que Kobe tem praticado um pouco em quadra, mas há uma diferença enorme em realizar alguns arremessos e estar pronto para jogar em alto nível. O astro dos Lakers, que rompeu o tendão de Aquiles antes dos playoffs da temporada passada, não vai correr o risco de ficar fora novamente por tentar apressar o retorno.

“Ele está fazendo algum progresso e estará de volta assim que puder”, comentou Mike D’Antoni, que, assim como o departamento médico, prefere não estabelecer uma data para utilizar o jogador.

A intenção de renovar também é algo mais do que natural. O próprio jogador não se vê jogando por outro franquia. Fica claro que Kobe, quando decidir parar de jogar, será com o número 24 dos Lakers.

“Eu quero colocar um fim a qualquer especulação que permita Kobe se tornar em um agente livre. Isso não vai acontecer”, prometeu Jim Buss. “Kobe é prioridade para nós. Ele é uma lenda dos Lakers e sempre será. Ainda vamos ganhar campeonatos com ele”, completou.

A verdade é que essas duas informações caminham juntas. Se voltar bem, com certeza, Kobe continuará motivado para jogar e, com isso, o seu contrato será renovado. Até porque, segundo disse o próprio jogador em sua visita ao Brasil, ele quer jogar mais três ou quatro anos.

Kobe Bryant ainda não tem data para voltar ao Los Angeles Lakers (Reuters)

Tudo o que sabemos sobre:

basqueteKobe BryantLos Angeles LakersNBA

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.