Ex-ajudante de pedreiro corre atrás do sonho de jogar basquete em Tatuí
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ex-ajudante de pedreiro corre atrás do sonho de jogar basquete em Tatuí

Neemias de Jesus, de 18 anos, treina com o time adulto e é exemplo de sucesso do trabalho social na cidade

Marcius Azevedo

16 de setembro de 2020 | 09h48

Quem acompanha os treinos do Basquete Tatuí vê um garoto se esforçar ao máximo para atender aos pedidos do técnico Julio Malfi. Trata-se de Neemias de Jesus. Ex-ajudante de pedreiro, o garoto de 18 anos corre atrás do sonho de ser jogador profissional de basquete.

“O basquete começou como uma paixão de criança, na rua do meu bairro, com os amigos. Logo depois, acabei conhecendo o trabalho do Felipe Ariel, do Alan e do professor Miguel, que impulsionaram essa paixão de criança para um amor verdadeiro pelo esporte”, afirmou Neemias.


Neemias durante treino da equipe de Tatuí. Foto: Prefeitura Municipal de Tatuí

Ele é um exemplo de sucesso da utilização do esporte como ferramenta educacional e social, um dos objetivos da prefeitura de Tatuí ao investir na criação de uma equipe na cidade. Neemias foi descoberto dois anos atrás, quando ainda trabalhava com o pai na construção civil.

“Meu pai é pedreiro, então mesmo sendo novo, ele me ensinou essa profissão. Com isso, trabalhei até recentemente nesta área”, explicou Neemias, que também cursa educação física. “Agora estou me dedicando aos estudos e ao basquete, e não quero parar a faculdade, mesmo com a quantidade grande de treinamentos. Nunca tive problema para me adaptar aos horários, sem atrapalhar minha rotina de treinos.”

Supervisor da equipe de Tatuí, Filipe Ariel elogia o esforço do garoto. ‘É um menino que andava 20km de um bairro distante da cidade em busca da chance de jogar basquete. Chegou com 16 anos e muita vontade. Conciliação entre o sonho e o dever como ajudante de pedreiro. Está aproveitando a oportunidade e treinando muito firme e ajuda em todos os sentidos dentro do alojamento”, afirmou.


Neemias trabalhou como ajudante de pedreiro com o pai. Foto: Arquivo Pessoal

Neemias participa da pré-temporada da equipe, que se prepara para disputar a Copa São Paulo Adulta Masculina. A competição será realizada no ginásio Municipal Doutor Gualberto Moreira, em Sorocaba, nos dias 26 e 27 de setembro.

“Me chamou a atenção o fato dele sempre chegar bem cedo ao local do treinamento, muito disposto, mesmo precisando utilizar duas conduções ou a bicicleta. Depois, soubemos que ele tinha alguns afazeres que o permitiam continuar treinando, ou seja, que trabalhou como pedreiro e ajudante de pedreiro, que o auxiliava no custeio as conduções”, comentou Malfi.

“É um menino extremamente esforçado, que vem evoluindo muito no basquete, buscando o entendimento do jogo, o que considero muito legal, pois mesmo jovem, ele iniciou a prática da modalidade tardiamente. O esforço e a busca na melhora da condição técnica, conciliando com uma faculdade à distância, demonstra que é um lutador e um exemplo para crianças e adultos”, completou o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:

basquete

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: