Fator Ibaka recoloca o Thunder na briga pelo título
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Fator Ibaka recoloca o Thunder na briga pelo título

Marcius Azevedo

26 de maio de 2014 | 08h02

A série parecia definida. O San Antonio Spurs atropelou o Oklahoma City Thunder nos dois primeiros jogos e viajou para fazer 3 a 0 no domingo. A equipe do Texas só não contava com um retorno inesperado. Serge Ibaka, pivô nascido na República do Congo e naturalizado espanhol, foi o maior responsável pela primeira vitória do Thunder na final da Conferência Oeste não apenas pelo desempenho como pela postura.

Os médicos não acreditavam na volta de Ibaka. A lesão na panturrilha, sofrida em 15 de maio, teria sido tão grave a ponto de deixá-lo de molho até o final da temporada. O pivô ignorou a dor. Com Ibaka em quadra, o Oklahoma apresentou um jogo muito mais sólido do que nos dois primeiros jogos. O pivô contagiou o grupo.

Serge Ibaka comemora desempenho na vitória do Thunder (EFE)

Russell Westbrook e Kevin Durant tiveram atuação de destaque e, ao lado de Ibaka, lideram o Thunder na vitória por 106 a 97. O armador fez 26 pontos, pegou oito rebotes e deu sete assistências, enquanto o ala anotou 25 e amealhou 10 rebotes.

Ibaka foi muito importante defensivamente, com quatro tocos, além de cinco rebotes defensivos (foram mais dois ofensivos, em um total de sete). O pivô anotou ainda 15 pontos. “Não quero falar de dor. Dor é dor”, comentou Ibaka após o jogo. “Só quero agradecer aos meus companheiros”, completou.

O efeito Ibaka recolocou o Thunder na disputa do título. Será que o San Antonio, mais uma vez, vai sofrer na mão do pivô e perder uma série que parecia definida?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: