Jogador de basquete argentino revela ser gay: ‘A verdade nos liberta’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Jogador de basquete argentino revela ser gay: ‘A verdade nos liberta’

Sebastián Vega, atleta de 31 anos do Gimnasia de Comodoro, fez uma postagem no Twitter nesta terça-feira

Marcius Azevedo

10 de março de 2020 | 19h22

A verdade nos liberta! Em uma postagem no Twitter com este título, o jogador de basquete argentino Sebastián Vega revelou ser gay nesta terça-feira. O atleta de 31 anos defende o Gimnasia y Esgrima de Comodoro e, segundo ele, tomou tal atitude após sofrer em silêncio por muito anos.

“Qual é o objetivo de tudo isso? O mais importante é poder encerrar uma etapa e me sentir livre. Mostrar a todos e a mim mesmo que minha profissão e minha vida pessoal podem andar no mesmo caminho”, escreveu.


Sebastián Vega revelou ser gay nesta terça. Foto: Gimnasia Comodoro/Divulgação

“Posso ser gay e continuar jogando basquete com o mesmo compromisso que tive desde quando fiz minha estreia na Liga. Também gostaria que isso possa ajudar outras pessoas que possam estar em uma situação parecida”, encerrou o jogador.

Na postagem, Sebastián Vega conta o que viveu até decidir revelar ser gay, contando primeiramente para os pais. Depois ele conversou com os amigos e também companheiros de equipe, além dos dirigentes do Gimnasia y Esgrima de Comodoro.

A revelação do jogador foi seguida de diversas mensagens positivas no Twitter.

Medalhista de ouro pela Argentina em Atenas-2004 e quatro vezes campeão da NBA com o San Antonio Spurs, Manu Ginobili foi um dos que enviou mensagem para Sebastián Vega. “Sua coragem vai ajudar muita gente, Seba! É chegado o momento em que ninguém precisa anunciar sua sexualidade para se sentir livre”, escreveu.

Tudo o que sabemos sobre:

basquete

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.