Jornalistas apontam os EUA como favoritos ao ouro nos Jogos de Tóquio
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Jornalistas apontam os EUA como favoritos ao ouro nos Jogos de Tóquio

Pesquisa foi realizada pelo site RunRepeat e contou com a participação do blog

Marcius Azevedo

21 de julho de 2021 | 16h46

O torneio de basquete masculino dos Jogos Olímpicos de Tóquio começa no sábado, com o jogo entre Irã e República Checa, e, apesar dos desfalques e dos contratempos na preparação, os Estados Unidos continuam com o status de favorito. A seleção americana recebeu 72,3% dos votos entre 83 jornalistas que responderam um questionário do site RunRepeat.

O blog participou da votação após receber um convite de Dimitrije Curcic, diretor de conteúdo de basquete da RunRepeat. Ao todo foram 11 questões sobre o desempenho das seleções e dos jogadores na competição que termina no dia 7 de julho.


Kevin Durant é o favorito ao prêmio de MVP. Foto: David Becker / AP

A Austrália surge como maior rival dos Estados Unidos pela medalha de ouro, com 10,8% dos votos. A Espanha aparece na terceira posição, com 9,6%.

Na questão sobre o desempenho ofensivo, os EUA, do técnico Gregg Popovich, receberam 75,9% dos votos como equipe que terá o ataque mais positivo. Os americanos também terão o MVP da Olimpíada. Kevin Durant recebeu 49,4% dos votos.

A disputa pela melhor defesa será entre Espanha (30,1%) e França (25,5%). Eslovênia (42,2%) e Nigéria (28,9%) brigam pela condição de surpresa do torneio olímpico. Já França (26,5%) e Argentina (24,1%) são apontadas como possíveis decepções.

Estrela do Dallas Mavericks, o esloveno Luka Doncic aparece como favorito para ser o cestinha (51,8%) e também o jogador com mais assistências (55,4%). Rudy Gobert, da França, recebeu 59% dos votos para ser o atleta com o maior número de rebotes.

A pesquisa completa da RunRepeat você foi pode conferir aqui.

Tudo o que sabemos sobre:

Olimpíada 2002 Tóquiobasquete

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.