Kobe Bryant em Detroit? Astro vetou troca em 2007
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Kobe Bryant em Detroit? Astro vetou troca em 2007

Ala revela que não quis trocar o Los Angeles Lakers pelos Pistons e que o Chicago Bulls era sua primeira opção

Marcius Azevedo

24 de fevereiro de 2015 | 09h29

Aos 36 anos, Kobe Bryant, pelo jeito, não vê mais motivo para esconder o jogo. Em entrevista conduzida por Bill Simmons e Jalen Rose na ESPN norte-americana, o astro do Los Angeles Lakers confirmou uma informação que por muito tempo foi considerada apenas um rumor.

Antes do início da temporada de 2007-2008, o astro, sem perspectiva de uma equipe forte na Califórnia, pediu para ser negociado. “Eu apresentei uma lista de equipes que eu me sentia confortável de ser negociado”, revelou.

A direção dos Lakers, então, fechou um acordo com o Detroit Pistons. O Los Angeles iria receber Richard “Rip” Hamilton e Tayshaun Price, além de escolhas futuras no draft, para liberar Kobe.

O astro vetou o negócio. “O Detroit não estava na minha lista e, por isso, disse que não iria sair”, justificou.

Kobe foi além e, na mesma entrevista, não titubeou em dizer qual era o time de sua preferência na época. “A minha escolha número um era o Chicago.”

A negociação com o Detroit, obviamente, não foi concluída.

Melhor para os torcedores dos Lakers, que viram Kobe ficar e conquistar mais dois campeonatos pela franquia californiana, sendo o MVP (melhor jogador) nas duas finais, em 2009 e 2010.

Kobe com Hamilton em 2008; jogadores iriam trocar de lado (Rebecca Cook/Reuters)

Kobe com Hamilton em 2008; jogadores iriam trocar de lado (Rebecca Cook/Reuters)

Tudo o que sabemos sobre:

basqueteKobe BryantLos Angeles LakersNBA

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.