Leandrinho, mais uma vez, vive indefinição
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Leandrinho, mais uma vez, vive indefinição

Marcius Azevedo

23 de agosto de 2013 | 11h47

O irmão e empresário de Leandrinho, Artur, disse no final de julho que o jogador havia recebido propostas de pelo menos três equipes da NBA, que não gostou da oferta do Houston Rockets e que o negócio com o Dallas Mavericks estava quente, além de citar o interesse do Chicago Bulls.

Um mês ficou para trás e, por enquanto, o que temos de concreto é que Leandrinho treinou pela primeira vez com bola nesta semana. O ala, que se recupera de uma cirurgia no joelho esquerdo, está sob os cuidados do fisioterapeuta Alex Evangelista.

Recuperação à parte, o que me preocupa mais uma vez é esta demora em acertar com alguma equipe. Se tudo o que foi dito por Artur há um mês for fato, Leandrinho vai continuar na NBA. Então por que não fechar logo?

Claro que o aspecto físico tem um peso nesta situação. O jogador está se recuperando de uma lesão – rompeu os ligamentos no dia 11 de fevereiro, defendendo o Boston Celtics contra o Charlotte Bobcats – e ninguém vai assinar um contrato no escuro.

Mas também não dá esperar até o início da temporada (ou muito próximo dela, como aconteceu no ano passado) para arrumar uma equipe.

Leandrinho, neste momento, precisa provar que está em condições físicas para defender uma equipe na NBA. Mais do que isso: o ala tem de mostrar que pode até assinar um acordo mais longo para ter uma garantia.

Desde que deixou o Phoenix Suns, o brasileiro está pulando de galho em galho. Disputou uma temporada e meia pelo Toronto Raptors (total de 100 jogos), 22 partidas pelo Indiana Pacers e mais 41 pelo Boston Celtcis na temporada passada (depois foi trocado com o Washington Wizards já sem estar em condições de jogar).

Eu acredito que Leandrinho (já escrevi isso outras vezes) ainda tem muita lenha para queimar na NBA aos 31 anos. Mas, para isso, terá de provar primeiro que está recuperado da lesão e, depois que tem basquete para continuar na maior liga de basquete do planeta.

Leandrinho publicou no Twitter uma foto de seu primeiro treino com bola após lesão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: