As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

LeBron James exorcizou todos os fantasmas

Marcius Azevedo

22 de junho de 2012 | 09h37

Lebron James, enfim, pôde colocar sua cabeça no travesseiro e dormir em paz. O título conquistado pelo Miami Heat ao derrotar o Oklahoma City Thunder exorcizou todos os seus fantasmas.

O ala amadureceu como jogador e, principalmente, como pessoa para alcançar sua primeira taça. LeBron deixou de ser arrogante, egoísta e, desta vez, não se omitiu.

O MVP liberou sua equipe ao título. Ganhou com méritos o prêmio de melhor jogador das finais.

No quinto e decisivo jogo, ele fez 26 pontos, 11 rebotes e 13 assistências, além de ter sido consistente na difícil série contra Kevin Durant e companhia. O jogo de quinta-feira e principalmente o quarto jogo vão ficar para sempre na história da NBA.

Mesmo com dores musculares na perna na esquerda, LeBron ficou em quadra e converteu um arremesso de três pontos que decidiu o jogo.

“Este momento significa tudo para mim. Foi uma decisão difícil de deixar Cleveland, mas eu entendi a que vir para Miami era meu futuro. Este é um sonho que se torna realidade para mim”, afirmou o jogador, emocionado depois da partida, referindo-se à decisão, bastante criticada, de trocar o Cleveland Cavaliers pelo Miami Heat.

Calejado, LeBron, que sempre teve de ouvir muitas críticas por suas atitudes dentro e fora de quadra, sabe que o primeiro título não é o fim de uma história. E o começo.

Agora ele será cobrado para ser o maior de todos os tempos. As comparações com Michael Jordan serão inevitáveis daqui pra frente. Resta saber até onde LeBron quer chegar?

Confira os melhores momentos do quinto e último jogo da série:

NOTA DO BLOG: depois de um período de férias, o blogueiro está retomando suas atividades.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: