Lucas Bebê será companheiro de Caboclo no Toronto
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lucas Bebê será companheiro de Caboclo no Toronto

Depois de confirmar que Bruno Caboclo, selecionado na 20ª posição do draft, será aproveitado na temporada 2014-2015, o time canadense contratou o pivô Lucas Nogueira, o Bebê, em uma troca com o Atlanta Hawks.

Marcius Azevedo

30 de junho de 2014 | 14h15

O Toronto Raptors será o time mais brasileiro da NBA.

Depois de confirmar que Bruno Caboclo, selecionado na 20ª posição do draft, será aproveitado na temporada 2014-2015, o time canadense contratou o pivô Lucas Nogueira, o Bebê, em uma troca com o Atlanta Hawks.

Escolhido no draft do ano passado pelo Boston Celtics na 16ª posição e enviado em uma negociação ao Atlanta, o brasileiro de 22 anos e o armador Lou Williams foram trocados pelo ala John Salmons.

Na negociação, o Atlanta abriu mão de um pivô promissor e de um contrato milionário para receber um jogador que será dispensado para abrir espaço na folha salarial. Os Hawks sonham em fechar com algum agente livre de peso.

Lucas Bebê e Caboclo serão companheiros no Toronto

Agora o futuro de Lucas Bebê está nas mãos do Toronto Raptors.

É difícil cravar neste momento se o brasileiro será aproveitado nesta temporada ou passará mais uma no basquete espanhol, jogando pelo Estudiantes.

O general manager da franquia, Masai Ujiri, o mesmo que elogiou Caboclo e confirmou que ele será aproveitado, deve definir isso tão logo o acordo com o Atlanta seja oficializado (nesta terça-feira) e Lucas Bebê se apresenta ao Toronto.

O meu palpite é que o brasileiro, assim como ocorreu com o compatriota, será aproveitado pelo Toronto nesta temporada. E mais: Bebê tem boas chances de ganhar muitos minutos na rotação do técnico Dwane Casey.

Com Bruno Caboclo e Lucas Bebê, o Toronto, que já teve Rafael Babby Araújo e Leandrinho em suas fileiras, será o time mais brasileiro da NBA. E isso sem contar Scott Machado, que vai buscar uma vaga na franquia pela Liga de Verão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.