Lucas Bebê terá de esperar para entrar na NBA
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Lucas Bebê terá de esperar para entrar na NBA

Marcius Azevedo

30 de julho de 2013 | 10h12

Lucas Bebê causou boa impressão nos jogos da Liga de Verão da NBA, pediu dispensa da seleção brasileira para ficar focado em sua entrada na maior liga de basquete do mundo, mas, ao que tudo indica, o Atlanta Hawks não vai utilizá-lo nesta temporada.

Escolhido na primeira rodada do draft, o pivô brasileiro de 2,13m deve permanecer na Espanha mais um ano, sob os cuidados dos profissionais dos Hawks, sendo preparado para estrear na NBA na temporada 2013-2014.

A franquia ainda não se posicionou oficialmente, mas os passos dados no mercado deixaram claro que o brasileiro é um projeto para longo prazo.

O Atlanta fechou com mais um jogador da posição de Bebê. Trata-se de Gustavo Ayon. O jogador de 28 anos registrou médias de 3,7 pontos e 3,6 rebotes na última temporada, quando defendeu Orlando Magic e Milwaukee Bucks.

O pivô havia sido dispensado pelos Bucks na semana passada e estava livre para assinar contrato com outra equipe. A melhor proposta foi a dos Hawks.

Além de Ayon, o gerente geral Danny Ferry contratou outros três jogadores de garrafão.

No final da semana passada, o Atlanta anunciou Pero Antic, jogador da seleção da Macedônia, que defendia o Olympiakos, da Grécia, campeão da Euroliga. Antes disso, Elton Brand, experiente pivô e que estava no Dallas Mavericks, foi contratado.

O principal reforço dos Hawks no mercado de agentes livres também foi um homem de garrafão. Paul Millsap, ex-Utah Jazz, que chegou para o lugar que era de Josh Smith, que foi para o Detroit Pistons.

Não bastasse todos esses reforços, o técnico Mike Buderholzer já contava no elenco com Al Horford e Mike Scott para o garrafão.

Por tudo isso, Lucas Bebê deve aguardar mais uma temporada para realizar o sonho de jogar na NBA. O importante, se o caminho for ficar na Europa, é ele receber atenção especial dos profissionais dos Hawks para ser útil quando ingressar na liga.

Atlanta reforça o garrafão, e Lucas Bebê terá de esperar para entrar na NBA

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: