NBA promove evento para centenas de crianças no Pacaembu
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

NBA promove evento para centenas de crianças no Pacaembu

"Festival jr. nba" acontece também no Rio de Janeiro

Marcius Azevedo

19 de novembro de 2015 | 15h54

A NBA, por meio de seu escritório brasileiro, e o Projeto Gibi (Grupo de Iniciação ao Basquetebol Infantil) anunciaram o lançamento do “Festival jr. nba”, patrocinado por Rede, evento que vai promover o esporte e reunir crianças e jovens de 8 a 15 anos de escolas municipais de São Paulo e Rio de Janeiro.

São Paulo recebe o evento na segunda-feira, dia 23 (das 9h às 16h), no Ginásio do Pacaembu, e o Rio de Janeiro será sede do festival na quarta-feira, dia 25 (no mesmo horário), no Ginásio Álvaro Vieira Lima (Tijuca Tênis Clube).

O formato é inovador. Durante todo o dia, meninos e meninas de colégios públicos vão participar de torneios (diferentes faixas etárias) e se enfrentar em desafios (Habilidades, 1-3-5, Knock-Out, Rei da Quadra e Arremessos de Três Pontos, entre outros), no evento que vai contar com 30 equipes, cada uma representando uma franquia da NBA.

“Festival jr. nba” já aconteceu em diversos países (Divulgação)

Todos os times (formados por estudantes da rede pública de ensino) já estão convocados, os jogos terão oito minutos de duração e os campeões receberão medalhas, além da distribuição de brindes exclusivos oficiais da NBA.

O jr. nba já passou com sucesso por várias partes do mundo ao longo dos anos. O programa esteve em países como África do Sul, Índia, Indonésia, Malásia, Filipinas, Tailândia, Vietnã, Itália, Espanha, Reino Unido e México. Em breve, vai chegar a Uganda e Lituânia. Durante a temporada 2015-2016, o jr. nba vai atingir mais de 6,5 milhões de jovens em 32 países.

O “Festival jr. Nba” é um projeto incentivado pelo Instituto Faz Sport através da lei estadual de Incentivo ao Esporte, com apoio das secretarias municipais de Educação de São Paulo e Rio de Janeiro, e da Confederação Brasileira de Basketball (CBB).

Tudo o que sabemos sobre:

basqueteNBA

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.