O argentino resolveu jogar e decidiu
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O argentino resolveu jogar e decidiu

Marcius Azevedo

17 de junho de 2013 | 08h41

O técnico Greg Popovich precisava mexer com sua equipe para vencer o quinto jogo e ir para Miami em vantagem. A carta na manga foi Manu Ginóbili.

O experiente ala, até então apagado na série final contra o Miami Heat, claro, correspondeu. O argentino, que ficou com o lugar de Tiago Splitter no quinteto titular, provou que o San Antonio Spurs também tem o seu trio de estrelas.

Com 8 de 14 nos arremessos, infiltrações, passes precisos e uma boa dose de catimba para desequilibrar os seus marcadores, Ginóbili terminou o jogo com 24 pontos, além de conseguir impressionantes 10 assistências.

Só para se ter uma ideia da importância do desempenho ofensivo do argentino, ele havia anotado 30 pontos somados os quatro primeiros jogos contra o Miami Heat.

“Eu estava com raiva, decepcionado. Eu sentia que não estava ajudando o time” , comentou Ginóbili. “Precisava disso. Estava tendo uma fase difícil para pontuar, precisava sentir que o jogo estava chegando até mim e que seria capaz de atacar a cesta, chegar à linha do lance livre”, completou o argentino, que, agora, com certeza, cumpriu o papel que lhe cabe ao lado de Tony Parker e Tim Duncan.

O trio somou 67 dos 114 pontos do San Antonio. Além dos 24 de Ginóbili, Parker fez 26, enquanto Duncan, outros 17. O pivô terminou ainda o jogo com 12 rebotes.

Confira os melhores momentos da vitória do San Antonio no quinto jogo:

Por fim, não posso deixar de falar do patinho feito da turma. Danny Green, mais uma vez, arrebentou nas bolas de três pontos. O ala acertou seis de dez tentativas e terminou com 24 pontos.

A eficiência no perímetro rendeu ao ala o recorde de cestas de três pontos em uma série final. Agora são 25 acertos, ultrapassando o feito de Ray Allen, então jogador do Boston Celtics, na decisão de 2008, que somava 22.

Agora o San Antonio viaja para Miami para tentar vencer uma das duas partidas e ficar com o título. A primeira será nesta terça-feira. O sétimo jogo, se necessário, será na quinta-feira.

Manu Ginóbili foi o trunfo de Greg Popovich no quinto jogo da final da NBA

Tudo o que sabemos sobre:

Manu GinobiliMiami HeatSan Antonio Spurs

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.