Pivô da NBA coloca fogo em mandado de prisão por ofender o presidente da Turquia
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pivô da NBA coloca fogo em mandado de prisão por ofender o presidente da Turquia

Enes Kanter publicou mensagem no Instagram: 'Parece que magoei um pouco os sentimentos de Erdogan'

Marcius Azevedo

11 de maio de 2021 | 14h54

Enes Kanter publicou em seu Instagram uma sequência em que apresenta um mandado de prisão que recebeu do governo turco, rasga e depois coloca fogo.

Segundo o pivô do Portland Trail Blazers, o pedido se deu por ofensas ao presidente Recep Erdogan. Kanter o chamou recentemente de ditador.


Kanter rasga o mandado de prisão do governo turco. Foto: Reprodução/Instagram

“Está me processando e pedindo minha prisão por insultá-lo. A pele dele é mais fina do que uma cebola. Parece que magoei um pouco os sentimentos de Erdogan”, escreveu Kanter em sua conta no Instagram.

O pivô não entra na Turquia desde 2015 sob o risco de ser preso. Ele é acusado de terrorismo pelo governo de Erdogan. O pai de Kanter, Mehmet, ficou sete anos preso pelo governo turco, sendo libertado apenas em junho do ano passado.


Kanter coloca fogo no mandado de prisão do governo turco. Foto: Reprodução/Instagram

“Estou querendo chorar. Hoje descobri que depois de sete anos de terem prendido meu pai, terem levado ele a um tribunal e acusá-lo de criminoso só por ele ser meu pai, ele foi liberado. Isso é devido à pressão que exercemos sobre o regime turco”, escreveu o jogador à época.

Há 10 anos no Estados Unidos, Kanter está próximo de se tornar cidadão americano.

Tudo o que sabemos sobre:

NBAbasqueteEnes Kanter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.