São Paulo DC vai ajudar no desenvolvimento do basquete 3×3 no Nordeste
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

São Paulo DC vai ajudar no desenvolvimento do basquete 3×3 no Nordeste

Equipe de destaque na modalidade firma parceria com a Federação Baiana de Basketball

Marcius Azevedo

02 de março de 2021 | 18h07

O São Paulo DC e Federação Baiana de Basketball firmaram uma parceira para o desenvolvimento do basquete 3×3 no Nordeste, começando pela Bahia. A equipe destaque do esporte pretende passar sua experiência para os profissionais do Nordeste para que o esporte, que se tornou modalidade olímpica e estreia em Tóquio, possa crescer ainda mais no Brasil.

“Começamos a fazer uma série de intercâmbios entre organizadores e proponentes, com intuito de democratizar e fomentar o basquete 3×3, que ainda é muito recente no Brasil. Teremos uma atividade especial junto a Federação Baiana, com objetivo de levar conteúdo, dar as explicações necessárias e ajudá-los a organizar, num futuro próximo, campeonatos estaduais e, posteriormente, a terem equipes competitivas disputando os principais torneios nacionais”, explicou Gustavo Bracco, manager do São Paulo DC, que, ao lado do técnico Juninho Mariano, vai participar de uma Live nesta quinta-feira.


Gustavo Bracco, manager do São Paulo DC, e técnico Juninho Mariano. Foto: Divulgação/SPDC

Segundo Índio Lopes, diretor da Federação Baiana de Basketball, este será o início de uma parceria que promete muito. “Conversamos bastante com o Gustavo Bracco sobre as perspectivas do Basquete 3×3 no Brasil e tivemos a percepção das mesmas intenções, inclusive hoje, somos a única Federação no país a ter um Centro de Treinamento especifico da modalidade. O São Paulo DC já vive este esporte há muitos anos, por isso temos interesse em compartilhar suas experiências para montarmos nosso planejamento aqui na Bahia”, explicou.

Outro ponto importante é a capacitação dos treinadores locais. “A ideia inicial, além da troca de experiências, é que o treinador Juninho Mariano faça os cursos de capacitação dos nossos treinadores. Além disso, o Bracco auxiliará nos nossos projetos de desenvolvimento da modalidade em todo o estado, com vários polos de basquete 3×3 espalhados, buscando recursos para colocar tudo isso em andamento”, relatou Lopes.

Para Juninho Mariano, esta iniciativa ajudará a modalidade a ser mais difundida no Nordeste. “Esse tipo de capacitação é algo necessário para o fomento do basquete 3×3, além de uma boa oportunidade de falar sobre o que o São Paulo DC vem desempenhando, ou seja, demonstrando que é possível fazer um trabalho estruturado e realmente consistente. Quanto mais projetos tivermos espalhados pelo Brasil, mais salutar para a modalidade”, explicou Juninho.

“Nos sentimos muito felizes em ter o São Paulo DC como referência, com as pessoas querendo nos ouvir e se baseando no nosso projeto. Um dos objetivos da equipe era realmente ser exemplo e estamos alcançando isso participando de cursos, capacitações e palestras, como vai ocorrer na Bahia e em outras cidades nordestinas”, acrescentou.

O diretor da Federação Baiana acredita que esta união vai resultar em muitos aspectos positivos. “Temos diversas possibilidades e um potencial enorme de crescimento. O Bracco vem percebendo isso e vai nos ajudar muito. A live será o primeiro contato com os nossos treinadores para eles conhecerem o projeto do São Paulo DC e saberem mais detalhes de como a equipe paulista conseguiu rapidamente excelentes resultados nos âmbitos nacional e internacional”, finalizou Índio Lopes.

Tudo o que sabemos sobre:

Basquete 3x3São Paulo DC

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.