Seleção está no caminho certo para o Mundial
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Seleção está no caminho certo para o Mundial

Brasil venceu três dos quatro amistosos, com uma boa defesa e um excelente trabalho com os pivôs

Marcius Azevedo

11 de agosto de 2014 | 07h37

A seleção brasileira encerrou neste domingo o período de amistosos antes de deixar o país e o saldo foi positivo.

A primeira parada agora será em Chicago, onde o Brasil enfrenta os Estados Unidos no sábado. Depois o time de Rubén Magnano viaja à Europa para finalizar a preparação com mais quatro jogos antes da estreia no Mundial da Espanha, dia 30 de agosto, diante da França.

Na bagagem, os brasileiros levam três vitórias (Angola, Argentina e México) e uma derrota (Argentina), com um bom desempenho defensivo e um excelente trabalho ofensivo dentro do garrafão.

Exceção feita ao segundo jogo diante da Argentina, em Buenos Aires, quando o Brasil sofreu para deter os arremessos de fora do rival, o time se comportou muito bem na defesa. Os argentinos registraram 11 acertos nas bolas de três pontos e impuseram o placar mais alto (85 pontos) à seleção brasileira.

O time de Magnano sofreu apenas 65 pontos em média nos quatro jogos. Foram 60 contra Angola, 59 diante da Argentina, em jogos disputados no Rio de Janeiro, e 56 contra o México, além dos 85 para os argentinos, na única derrota até aqui.

Magnano aposta em uma defesa forte (EFE)

Com um bom desempenho defensivo, o Brasil precisa diversificar o comportamento ofensivo. A equipe trabalhou muito bem com os pivôs, até porque ninguém é louco de não aproveitar Tiago Splitter, Anderson Varejão e Nenê, mas há necessidade dos alas contribuírem um pouco mais.

A seleção brasileira fez 78,5 pontos em média. Foram 98 contra Angola, 68 e 80 diante dos argentinos e 68 sobre o México.

Além da partida contra os Estados Unidos, o Brasil enfrenta ainda Lituânia (21 de agosto), Eslovênia (22 de agosto) e Irã (23 de agosto), que está no mesmo grupo dos brasileiros no Mundial. A última partida de preparação será no dia 25 ou 26, ainda sem um rival definido.

Depois da França, dia 30, na estreia, o time de Magnano enfrenta o Irã (dia 31 de agosto), Espanha (1º de setembro), Sérvia (3 de setembro) e Egito (4 de setembro), na primeira fase.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.