As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Sem Wade e com LeBron inspirado, Miami vence o 26º jogo consecutivo

Marcius Azevedo

25 de março de 2013 | 09h28

Mesmo sem Dwyane Wade, lesionado, o Miami Heat continua impossível. Claro que o rival não era dos melhores. Pior time da NBA, o Charlotte Bobcats até que se esforçou, mas não evitou o 26º triunfo consecutivo de LeBron James e companhia, por 109 a 77.

Agora faltam apenas sete vitórias para que o time do técnico Erik Spoelstra possa quebrar o recorde da liga, que é do Los Angeles Lakers de 1971-1972. Naquela temporada, o time da Califórnia, liderado por um tal de Jerry West, venceu 33 jogos consecutivos.

Os próximos jogos do Miami serão fora de casa: Orlando Magic, Chicago Bulls, New Orleans Hornets e San Antonio Spurs (o mais complicado). Depois disso ainda seria necessário derrotar New York Knicks (c), Charlotte Bobcats (f) e Philadelphia 76ers (c) para igualar o feito dos Lakers e, com uma vitória sobre o Milwaukee Bucks (c), ultrapassá-lo.

O destaque da 26ª vitória foi LeBron James. O MVP (não tem como ser outro!) ficou próximo de conquistar um triplo-duplo. O ala anotou 32 pontos, deu 10 assistências e amealhou oito rebotes. Além disso, ele registrou três recuperações de bola e deu três tocos.

Chris Bosh também teve boa atuação, com 15 pontos, seis rebotes e três tocos. O banco também contribuiu: Norris Cole fez 15 pontos e Ray Allen, outros 14.

Eu torço para que o Miami Heat possa bater o recorde para que esse time seja lembrando toda vez que uma sequência de vitórias começar na NBA. O bicampeonato também parece uma questão de tempo.

Confira os melhores momentos da vitória do Miami sobre o Charlotte:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.