Sete jogos para Leandrinho provar o seu valor
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Sete jogos para Leandrinho provar o seu valor

Marcius Azevedo

06 de janeiro de 2014 | 12h10

Leandrinho precisava do Pinheiros mais do que o Pinheiros de Leandrinho. A passagem do armador pelo time terminou após oito jogos e agora o jogador terá outro desafio pela frente na volta à NBA.

O jogador de 31 anos vai assinar um contrato de 10 dias com o Phoenix Suns, sua primeira equipe na maior liga de basquete do mundo, e terá exatos sete jogos para convencer o time do Arizona em mantê-lo até o final da temporada.

A contratação, neste momento, se apresenta como algo temporário, mais para suprir a ausência de Eric Bledsoe (lesão no joelho) do que por necessidade. O técnico Jeff Hornacek dispõe de outros quatro jogadores da posição: Goran Dragic, Ish Smith, Archie Goodwn e Dionte Christmas.

O brasileiro terá de brigar para conseguir minutos em quadra.

A primeira partida será nesta terça-feira, contra o Chicago Bulls, no United Center. Na sequência, o Phoenix faz ainda mais quatro jogos como visitante: Minnesota Timberwolves, Memphis Grizzlies, Detroit Pistons e New York Knicks. Por fim, ainda dentro do prazo de 10 dias, os Suns ainda enfrentam Los Angeles Lakers e Dallas Mavericks no US Airways Center, no Arizona.

Depois disso, o gerente geral da equipe, Ryan McDonough, terá de decidir se assina até o final da temporada ou aguarda até fevereiro para que Leandrinho possa assinar outro acordo temporário. Ao final deste segundo contrato, há duas opções: assinar até o final da temporada ou abrir mão do jogador.

A vantagem para Leandrinho, neste caso, está no fato de reencontrar rostos conhecidos, como o de Goran Dragic, com quem se entendeu muito bem na temporada 2009-2010, e de o sistema da equipe se encaixar ao seu jogo.

Jeff Hornacek gosta de um jogo em velocidade, com chutes de três pontos e infiltrações. Leandrinho jogou assim por muito tempo no próprio Phoenix, sob o comando de Mike D’Antoni.

Com certeza, Leandrinho tem basquete para reconquistar o seu espaço na NBA. Os Suns são novamente sua porta de entrada, mas claro que, se ele se destacar, há chance de conseguir vaga em uma outra equipe em caso de dispensa no Arizona.

Leandrinho está de volta ao Phoenix Suns

Tudo o que sabemos sobre:

basqueteLeandrinhoNBAPhoenix Suns

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: