Zanon aposta em veteranas para a Copa América
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Zanon aposta em veteranas para a Copa América

Marcius Azevedo

19 de agosto de 2013 | 13h46

A convocação do técnico Luiz Augusto Zanon para a Copa América do México comprovou que ainda não é possível apostar em uma reformulação total da seleção feminina.

O trabalho do treinador na preparação da equipe até aqui foi muito importante, dando mais bagagem para o jovem grupo, mas para brigar por uma das três vagas para o Mundial da Turquia, ano que vem, é necessário ter um time mais experiente.

Por isso, na lista de 16 jogadoras divulgada nesta segunda-feira, o treinador incluiu quatro jogadores com mais de 30 anos: Adrianinha (37), Karla (34), Chuca (34) e Érika (31)

A média de idade do grupo subiu de 22,1 anos nos jogos de preparação, incluindo o Sul-Americano, para 25,6 para a Copa América, que começa no dia 21 de setembro. Vale lembrar que quatro jogadoras serão cortadas até lá.

Atual campeão, o Brasil está no Grupo B, ao lado de Argentina, Porto Rico, México e República Dominicana. Na outra chave estão Canadá, Chile, Cuba, Jamaica e Venezuela.

A ausência ficou mais uma vez por conta de Iziane. A ala, que está atuando pelo Connecticut Sun na WNBA, não é convocada desde o corte nos Jogos Olímpicos de Londres por problemas disciplinares.

Zanon convocou quatro jogadoras com mais de 30 anos

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.