Nadal está de volta. E com muita fome
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Nadal está de volta. E com muita fome

Recuperado de uma apendicite, espanhol inicia a pré-temporada muito antes de seus principais rivais no circuito

Mateus Silva Alves

01 de dezembro de 2014 | 20h41

Um dia agitado Rafael Nadal teve nesta segunda-feira. Ele começou com o primeiro treino de sua pré-temporada para 2015. Depois, recebeu o pomposo título de “Filho Favorito de Mallorca”, em sua cidade natal. O rapaz colocou um terno e caprichou na gravata para receber a honraria, mas seu compromisso mais importante do dia foi mesmo aquele que ele cumpriu usando camiseta e calção. Recuperado da apendicite que arruinou seu fim de temporada, Nadal já começou a colocar a mão na massa.

Tudo o que o espanhol espera é ter um 2015 mais saudável do que 2014.  Neste ano, ele sofreu, pela ordem, uma lesão nas costas, outra no punho direito e a apendicite. Esses problemas prejudicaram seu desempenho em alguns torneios (especialmente na final do Aberto da Austrália) e simplesmente o tiraram de outros (como o Aberto dos Estados Unidos). Para a tristeza de quem gosta de tênis, seus principais rivais passaram parte considerável do ano sem se preocupar com Nadal.

Cometerá um erro grosseiro, no entanto, quem achar que Nadal está fragilizado. Pensaram isso em 2013 e, como se sabe, quebraram a cara. O canhoto de Mallorca havia passado boa parte da temporada de 2012 fora de ação por causa de seus eternos problemas nos joelhos e parecia que não voltaria a ser o que sempre foi. Mas ele voltou. Ou melhor, ele se tornou um jogador ainda mais fenomenal. Nadal saiu ganhando tudo o que viu pela frente no ano passado e voltou à liderança do ranking mundial.

Os rivais de Nadal, aqueles de sempre (Djokovic e Federer, para dar nome às feras), têm motivos para se preocupar. Enquanto eles vivem dias de sossego, ainda comemorando os títulos valiosíssimos que ganharam no fim da temporada (a Copa Davis, no caso do suíço, e o ATP Finals, no caso do sérvio), Nadal está trabalhando. E ele nunca trabalha a meia velocidade, como sabemos. Por ter começado a pré-temporada antes dos concorrentes, é de se esperar que o espanhol chegue a  2015 na ponta dos cascos. E quando Nadal está na ponta dos cascos, sai de baixo…

 

O filho preferido de Mallorca é homenageado em sua cidade natal

O filho preferido de Mallorca recebe uma homenagem em sua cidade natal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.