As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cantar do Galo!

Primeiros jogos da 27ª rodada esquentaram a briga pelo G-4 e o Atlético Mineiro, que evolui rodada a rodada, poderá tirar a quarta vaga do Grêmio daqui a pouco.

Maurício Capela

09 de outubro de 2014 | 15h09

Calcular… Um verbo que acompanha a vida do torcedor desde que a bola é redonda. Ora a conta é para se desvencilhar da zona do rebaixamento ora é para pensar em como alcançar o topo. Mas ninguém está livre de conjugá-lo pelo menos uma vez em uma competição.

No Campeonato Brasileiro deste ano então, “Calcular” definitivamente vestiu a camisa 10. Só fica como opção do “professor” se resolver disputar uma vaga junto ao elenco do atual líder do certame, o Cruzeiro. Aliás, o time de Minas Gerais tem quantas estrelas mesmo?

Agora, “Calcular” gostou bastante da briga pelo G-4… Em especial, de três das quatro vagas, porque uma delas afinal praticamente já tem dono. E é daquele clube com cinco estrelas… Sim, as cinco que representam o “Cruzeiro do Sul”, já que as três das conquistas nacionais o Cruzeiro resolveu não estampar em seu uniforme.

Pelas contas do “Calcular”, são sete participantes para três vagas. E tudo precisa ser resolvido em 11 rodadas!

Portanto, São Paulo, Internacional, Grêmio, Corinthians, Atlético Mineiro, Fluminense e Santos terão que escalar muito esse “jogador” para abocanhar uma vaga na Copa Libertadores de América de 2015. Eu sei, eu sei que a Copa do Brasil também premia o vencedor, mas “Calcular” abriu mão desse cálculo, pelo menos por agora.

Então, dessa turma, quem parece disposto a atropelar nessa reta final de Brasileirão é o Atlético Mineiro, além do Grêmio. É verdade que a vitória do Corinthians foi maiúscula e que o Internacional ainda sonha com o caneco, mas o Atlético Mineiro de Levir Culpi parece letal. Dono de um contra-ataque rápido e com bons jogadores da categoria de base, Culpi pode realmente mirar o G-4 sem medo.

Uma vitória diante do Fluminense, daqui a pouco, 19h30, no estádio do Maracanã, empurrará um rival direto para o meio da tabela. E se os três pontos forem ganhos consistentemente, tipo fazendo uns dois gols de diferença, aí Levir Culpi poderá comemorar sem qualquer culpa, com o perdão do trocadilho, porque o Galo já vai fincar a espora na quarta vaga do G-4, mesmo ainda não podendo cantar de galo no terreiro dos líderes do  Campeonato Brasileiro de 2014.

Tudo o que sabemos sobre:

Atlético MineiroCorinthiansG-4São Paulo

Tendências: