Adeus, São Silvestre
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Adeus, São Silvestre

Luiz Zanin Oricchio

30 de dezembro de 2016 | 14h53

ATLETISMO – HISTÓRIA DA SÃO SILVESTRE – ESPORTES – ACERVO – Atletas durante primeira edição da prova feminina, realizada em 1975 – São Paulo – SP – Brasil – Foto: Acervo/Gazeta Press

 

Deve ser a última coluna do ano. Afinal, escrevo no dia 30. O que resta para o mundo esportivo de 2016? A São Silvestre? Mas o que é a São Silvestre depois que passou a ser corrida durante o dia e agora, pior, pela manhã? Perdeu toda aura. Pelo menos para os mais veteranos, como eu.

A São Silvestre era disputada à noite, de modo que a sua chegada coincidisse com a entrada do Ano Novo. Era muito bonito. Testemunhei a várias, mesmo porque meus avós moravam nas imediações da Avenida Paulista e íamos, em família, ver a chegada.

Havia um frisson nessa coincidência entre o fim da prova e o ano que começava. Era como a celebração de um novo período, com suas esperanças, festejado por uma proeza atlética. Naquele tempo, também convém dizer, muitos brasileiros ganhavam a prova. Ou, pelo menos a disputavam de maneira renhida.

Agora, com as imposições comerciais da Globo, a corrida foi descaracterizada. Já ouvi outras versões, nenhuma das quais me convenceu. Seriam exigências técnicas, para a corrida se equiparar a outras do mundo, etc. Ora, para fazê-lo precisava tirar exatamente o seu diferencial, que era a de ser uma corrida noturna? Não cola.

Passaram para a tarde. E agora, começa às 9h da manhã. Quem se interessa? Eu não. Só ligaria a TV para ver caso chovesse e não desse praia. Com o calor que anda fazendo, essa possibilidade é quase nula. Então, vamos à praia.

2016 é um ano a ser esquecido. Ou, por outro lado, a ser lembrado, com todas as suas dores, pois nos ensinou muito, sobre nós mesmos e sobre a natureza do nosso país. A consciência dói, mas é necessária.

E, como não custa desejar, bom 2017 para todo mundo.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Corrida de São Silvestre