As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Santos desfigurado toma goleada

Luiz Zanin Oricchio

16 de fevereiro de 2014 | 20h37

O prenúncio já era ruim, quando o Santos entrou em campo vestindo essa ridícula camisa amarela. Quer dizer, uma ótima camisa para o carnaval, mas não para o time alvinegro da Vila Belmiro.

O time jogou como sua camisa: de maneira ridícula. Mereceu ser goleado por 4 a 1 pelo Penapolense. Ninguém jogou bem no Santos. Todos apáticos. A defesa deixava avenidas abertas. O ataque não se encontrava. O meio de campo não existe.

E assim o Penapolense, treinado pelo ex-santista Narciso, dominou o jogo. Ainda mais quando o zagueiro do Santos foi expulso e ficou com um jogador a menos.

Àquela altura o Santos perdia por 2 a 1 e ensaiava um cerco à área adversária, mas a reação foi abortada pela expulsão do jogador. Expôs-se ainda mais aos contra-ataques.

E assim surgiu a goleada.

Tomara que no próximo jogo o Santos vista a camisa do time. E jogue como o time costuma jogar.

Tudo o que sabemos sobre:

Campeonato PaulistaSantos

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.