As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A 11 dias da Olimpíada, ninguém sabe se Laís vai a Sochi

Demétrio Vecchioli

26 de janeiro de 2014 | 10h00

 

Laís Souza e Josi Santos já comemoraram a vaga para Sochi. Já se decepcionaram porque descobriram que não vão. Já comemoraram de novo. E se decepcionaram de novo. A 11 dias do início da próxima Olimpíada de Inverno, ninguém sabe ao certo se elas conseguiram a classificação.

A confusão começou na quinta-feira, quando um site brasileiro especializado em esportes olímpicos publicou que elas haviam conquistado a vaga. Na sequência, uma série de portais deu a mesma informação, apesar de a Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG) negar a vaga. A repercussão da boa nova, claro, chegou até Park City (EUA), onde estão as ex-ginastas.

O Olimpílulas sempre cravou: a vaga estava próxima, mas não era certa. Em síntese: existem 25 postos em Sochi na prova de aerials do esqui freestyle. Quando os Estados Unidos abriram mão de duas (porque existe um limite de atletas por país no freestyle) e o Canadá da sua única (por lesão), foram liberadas três vagas para quem estava na lista de espera.

A Bielo-Rússia tinha as três primeiras da lista de espera (e o Brasil as duas seguintes). Ainda sem essas vagas confirmadas, os europeus convocaram uma única esquiadora. E foi isso que fez parte da imprensa brasileira cravar que Laís e Josi seriam chamadas – depois, esses mesmos veículos se corrigiram.

Na sexta, a Bielo-Rússia convocou mais duas atletas, com vocês podem ver aqui. Assim, abriria mão de uma vaga, que seria do Brasil, com Laís Souza. Se o leitor entrar no site dos Jogos de Sochi, também verá que só há o perfil de três atletas daquele país europeu.

Logo, concluímos que Laís conseguiu a vaga, certo? Errado, ao que parece. A Federação Internacional de Esqui (FIS) soltou neste sábado o que ela chama de lista final de remanejamento de vagas no esqui freestyle. E, lá, não há qualquer referência ao Brasil. As quatro vagas teriam ficado mesmo com a Bielo-Rússia. Olha só.

É certo que Josi Santos, também ex-ginasta, está fora da Olimpíada. A não ser que aconteça uma reviravolta inesperada, 24 vagas já têm dona. A 25.ª pode ser de Laís ou da Bielo-Rússia (que tem a prioridade). Elas esperam que até segunda-feira tudo seja resolvido. Josi quer voltar para casa, em São Paulo. Laís pretende pegar o voo rumo a Moscou.

ATUALIZANDO: Laís se machucou e todo o cenário válido para ela vale agora para Josi, que era a reserva pela vaga.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.