As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ana Marcela fica a 9s de vencer prova masculina de 10km em Belém

Demétrio Vecchioli

09 de setembro de 2013 | 13h30

Em qualquer esporte, em qualquer nível, em qualquer país, homens são mais rápidos que mulheres. Não com Ana Marcela Cunha, não nas maratonas aquáticas, não no Brasil.

Sábado, ela nadou contra os homens na etapa de Belém do Campeonato Brasileiro de Maratonas Aquáticas. Numa prova de uma hora, perdeu por detalhes. Victor Colonese (seu ex-parceiro de treinos na Unisanta) venceu, com 9s de vantagem.

O terceiro lugar foi mesmo na batida de mão. Uma prova de 5km decidida no milésimo 1h00min54s86 para Ana Marcela, um milésimo de segundo atrás de Matheus Evangelista (GNU). A prata ficou com Lucas Oliveira, do Sesi.

Lógico que mesmo que batesse em terceiro Ana não ganharia uma medalha de bronze. Mas ela mostrou que pode nadar no mesmo nível que os homens. Tirando Poliana Okimoto, que não nadou em Belém, as demais brasileiras tão num nível muito abaixo. No Pará, a segunda colocada foi Mariana Serrano Souza, do Sesi, seis minutos atrás. Catarina Ganzeli, da Unisanta, foi terceira.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: